Lua Nova em Gémeos em 28 maio 2014

28 de maio de 2014 · 1 comentários

Minha terra, minha lenda pessoal, a ilha de Moçambique. Foto de Lígia de Noronha, 2014
Hoje é dia de Lua Nova em Gémeos, Maio 2014

Mais logo, dia 28 Maio 2014, às 18h40:12 TMG, teremos a muito conhecida Lua Nova de Gémeos.

Que podemos esperar desta Lua Nova?

Esta Lua Nova aponta para um novo começo em um caminho saudável. No entanto, perante o grau em que se encontra, o 7º, a caminho próximo do 8º de Gémeos, estamos perante uma possibilidade a ter em conta, caros leitores: haver alguma crise com a saúde. Dependendo do mapa natal de cada um, assim poderemos estar perante uma situação menor ou, pelo contrário, um caso importante.

Nestes graus, uma Lua Nova apresenta-se com um grande sentido de insegurança, alguma vulnerabilidade, fraqueza, o que fará forçá-lo/a a se preocupar com a sua saúde, quer física, quer mental, quer psicológica e, sobretudo, o lado espiritual.

Aproveite as duas primeiras semanas após o início deste novo ciclo de Lua Nova para definir novas metas na sua vida e iniciar o respectivo processo de transformação.

Esta é a primeira Lua Nova depois do Eclipse Solar em abril 2014. Assim de simples: é a Lua Nova de «CURA». A cura no sentido amplo da palavra: todos os nossos corpos [o físico, o mental, o emocional e o espiritual] estão sob a influência de uma Lua em Gémeos. Esta Lua Nova representa a cura de um desequilíbrio por identificar e o potencial de tratarmos da doença [não leia 'doença' no sentido literal, mas sim como 'aquilo que sentimos que não está bem'].

Depende de mim, de ti, de todos nós. O foco nesta Lua Nova de Gémeos na cura vai aliviar o possível sofrimento que transportamos em nós.

Porque é que eu insisto tanto nesta questão da saúde, quando o mais provável é a Internet estar cheia de palavras bem diferentes das minhas. Tudo isto, porque no mapa da Lua Nova de Gémeos, estar muito próximo das questões de saúde e respectiva cura. Quer ver?

- Mercúrio e Vénus farão um belo sextil: haverá tendencialmente um sentido harmónico daquilo que se quer fazer. Os relacionamentos estarão protegidos. A Lua Nova fará uma conjunção exacta com o asteróide Hígia, que como todos sabemos está associado a temas como: «higiene, medicina, cura e curandeiros, doenças, toxinas, operações, erros de diagnóstico e abuso de drogas. Hipocondria mostrando como o medo de venenos, médicos e resultados médicos. Hesitação para fazer check-ups, e se preocupar com a saúde da família e amigos» [Jamie Partidge, 'Astrology King']. Precisam de mais explicações? Esta Lua Nova fará uma quadratura exacta a Neptuno indicando indecisões, desilusões e problemas de insegurança que conduzem a questões de saúde. Mesmo a terminar esta Lua Nova faz uma conjunção exacta com a estrela fixa Híades que eu próprio defini assim, em 2007, no site da Escola de Astrologia Nova-Lis: «O gosto pelo risco. Amor pelos desafios. Violência. Grande risco de acidente. Reveses da fortuna. Grande risco de queda com perda de prestígio. Grande risco de ferimento na cabeça. Animosidade. Problemas de saúde. Risco de encarceramento. Grande risco de morte prematura.» 

Volto a perguntar: Precisam de mais explicações para o facto de eu tanto insistir no assunto da saúde? Gostaria muito de escrever uma «coisa» bonitinha, a falar de comunicação, mensagens e amor. Mas, a minha visão, foi em outro sentido. Ninguém é obrigado a aceitar como bom o que acabei de escrever acima.

Mesmo a terminar, só quero enfatizar que tudo vai depender do seu nível evolutivo ou de consciência. Quanto mais elevado for, menos problemas terá.

A seguir deixo-vos aquilo que eu entendo serem os níveis evolutivos de Gémeos e cada leitor, independentemente de ter algum planeta ou ângulo neste signo, deve, em consciência aceitar e intuição qual é o seu próprio nível evolutivo e de consciência. Ofereço-vos gratuitamente esta possibilidade de se auto-analisarem:

1º nível de evolução ou de consciência:
É a área da comunicação imediata. O dia-a-dia das relações, o mundo quotidiano como campo de troca verbal. Exprime a relação com os irmãos, a pequena informação dada à pessoa mais próxima, a forma como respondemos aos encontros casuais. É a esfera de relação mais prosaica do Zodíaco.

2º nível de evolução ou de consciência:
Revela-se o intelecto, a mente concreta, a aprendizagem, o ensino. Neste nível define-se a forma como apreendemos inteligentemente o real e o sabemos revelar aos outros. É o campo do estudo primário e secundário. Na Casa 2, o signo que abre esta casa informa sobre o tipo de energia que activamos ao aprender e comunicar. Neste nível situa-se o jornalismo como via imediata de informação, a capacidade de relações públicas, a facilidade de verbalização em qualquer sítio ou lugar.

3º nível de evolução ou de consciência:
Informa sobre a qualidade que se desenvolve ao aprender e que se expande ao ensinar. É o nosso poder mental. O modo como cada um assimila e transmite o conhecimento. O que o ensino pode trazer como valorização do Eu, como auto-descoberta. O tipo de confiança mental que o estudo nos pode despertar como valorização intelectual.

Passem todos muito bem.
Beijos & abraços
António Rosa
28 maio 2014, às 12h54

Curso Prático de Astrologia Dharmica e Karmica - Uma Linguagem Divina

20 de maio de 2014 · 0 comentários

Clicar na ilustração para a aumentar e ler melhor.
Curso Prático de Astrologia Dharmica e Karmica - Uma Linguagem Divina

Texto aqui, no site «Cristal de Cura» - http://www.cristaldecura.com/pt/curso/572

Um curso astrológico completo de apenas 1 ano escolar [7 Setembro 2014 a Junho 2015], organizado e realizado pelo astrólogo António Rosa, baseado na metodologia criada para os cursos «Astrologia Nova-Lis».

Deixe que lhe faça algumas perguntas:

- Quer aprender a analisar e interpretar uma carta natal, passo-a-passo?
- Costuma perder-se no meio de tantos significados de signos, casas, planetas, elementos, dignidades, qualidades, aspetos e não sabe como relacioná-los num mapa astrológico?
- Quer conhecer mais sobre a personalidade, a espiritualidade, a psicologia, os padrões, os medos, a vocação, os valores, os amores, o dharma e o karma de si mesmo/a e dos outros através de uma carta natal?


Este é o curso prático que procura:

Curso de introdução à astrologia sobre as qualidades, elementos, signos, casas, planetas e aspectos de uma carta astral, em que se garante que, se houver empenho e interesse por parte do/a aluno/a, em poucos meses poderá fazer as interpretações básicas para poder entender um mapa natal. Depois, só a continuação dos estudos e respetiva prática é que poderão prosseguir para um nível intermédio e, com os anos, e muito estudo, para os níveis avançados.

Espero, portanto, que neste 1º ano escolar [7 Setembro 2014 a Junho 2015], com aulas mensais, sempre aos domingos, apenas nos concentremos nos níveis básico e intermédio dos conhecimentos astrológicos. Os níveis muito avançados serão objeto de outro tipo de formação, não pertencendo a este curso prático.

Com este «Curso Prático de Astrologia Dharmica e Karmica» proponho-me que, em apenas 1 ano escolar [Setembro a Junho], os alunos e alunas aprendam as bases astrológicas, ficando aptos para, no final do curso, os seus conhecimentos astrológicos sejam de um nível intermédio, o que lhes garantirá ferramentas para uma interpretação geral do mapa e, eventualmente, darem os primeiros passos na interpretação de trânsitos, entrando no mundo surpreendente das previsões.

Temas gerais deste curso que será eminentemente prático, sem esquecermos nunca as bases teóricas do Conhecimento:

- Que é a Astrologia? Um pouco de história. Os 12 grandes arquétipos. A Roda do Zodíaco: Elementos, Qualidades, Signos, Casas e Planetas. Muitas ilustrações a acompanharem as explicações nas aulas.
- Descrição e interpretação de todos os elementos que estão numa carta natal.
- Muitos exercícios práticos de Cartas Natais dos alunos e de outras personalidades.

Assuntos a considerar para este curso:

- Este é um curso moderno deste século. Não serão fornecidos manuais em papel porque todo o curso funcionará com acessos à internet usando os textos que estão no meu blogue «Cova do Urso» ou no meu site «Escola de Astrologia Nova-Lis», além do material a alojar no meu Google Drive que, como sabem, é acedido apenas através de partilha. Logo, não é público. Todos esses links serão fornecidos aos alunos, ao longo do curso. Serão centenas de textos e ilustrações referentes ao curso. Há muito que estudar, se quiserem, claro!

- Por tudo isto sugere-se que todos os alunos se equipem com a ferramenta mínima necessária, que é possuírem uma conta de email no «Gmail», que pertence ao Google, para haver maior compatibilidade com as ferramentas que uso e que a maioria das pessoas usa. Não sendo obrigatório, facilitaria sobretudo o seu próprio trabalho e, por arrastamento, o dos outros. Medite no assunto.

- Será criado um «grupo privado» no Facebook, com o nome deste curso, como plataforma de debate para uma maior evolução na aprendizagem astrológica entre todos os intervenientes no curso. Obviamente, não se obriga, mas informa-se que quem não tiver uma conta/página no Facebook, ou não o frequentar, correrá o risco de não ter acesso a conversas, estudos e exercícios práticos que serão feitos entre uma aula e outra. Na prática quer dizer, que teremos um domingo por mês de aulas presenciais e o resto do mês com participação online muito ativa. Serão muitas horas de estudos, tudo pelo mesmo preço. Seja moderno e aproveite.

- Local do curso: «Cristal de Cura», Ericeira, Portugal, já no seu novo espaço. No ato de inscrição no curso, será fornecida a morada deste espaço. Há muito espaço para estacionamento. A beleza do local ficará para quando conhecerem o novo espaço.

- Como foi dito acima, as aulas serão mensais, sempre ao um domingo, das 10 às 17h30, com um intervalo máximo de 1 hora e meia para o almoço [às 12h20/12h30] e 2 pequenos intervalos [de manhã e de tarde] para um breve lanche. A hora indicada para terminar cada dia de aula, as 17h30, não é uma hora rígida, pois não irei interromper nenhuma parte da matéria, no caso de precisar de mais uns minutos, mas o oposto também pode acontecer: não irei inventar uma conversa porque ainda faltem alguns minutos para a hora marcada para o fim do dia da aula. Portanto, tanto pode ultrapassar um bocadinho a hora de encerramento, como pode acontecer antecipar em alguns minutos esse finalizar.

- Garante-se assim uma média de cerca 6 horas e meia em cada dia de aula, além do que foi mencionado acima no «grupo» do Facebook.

- A primeira aula será no  domingo, 7 Setembro, das 10h00 às 17h30.

- A hora indicada para terminar cada dia de aula, as 17h30, não é uma hora rígida, pois não irei interromper nenhuma parte da matéria, no caso de precisar de mais uns minutos, mas o oposto também pode acontecer: não irei inventar uma conversa porque ainda faltem alguns minutos para a hora marcada para o fim do dia da aula. Portanto, tanto pode ultrapassar um bocadinho a hora de encerramento, como pode acontecer antecipar em alguns minutos esse finalizar.

- As aulas seguintes serão informadas no decorrer das aulas. Sempre aos domingos.

- As aulas serão gravadas em mp3 e estes ficheiros serão fornecidos aos alunos, sem custos, através do meu Google Drive.

- Custo: 60 euros por aula. Basta fazerem as contas e compararem com os custos de outros cursos de astrologia para perceberem as vantagens deste nosso. Na inscrição para o curso deverão adiantar por transferência bancária o valor 15 euros.

- Na inscrição para o curso, o/a aluno/a deverá fornecer os seus seguintes dados pessoais para fazermos o seu mapa natal: data, hora e local de nascimento. Faça um esforço para saber a sua hora de nascimento com grande exactidão, pois é com este dado que se elabora o Ascendente das pessoas.

- Inscrições abertas (até 2 dias antes do evento).

- Marcações: 96 806 1279  |  96 777 2989  |  contactos@cristaldecura.com

- Na inscrição forneça o seu email [de preferência do ‘Gmail’] e o nome que usa no Facebook, para poder ser aderido ao grupo que foi criado especificamente para este curso.

- No final do curso será fornecido um diploma de participação.

Passem bem. Muito agradecido.

António Rosa
20 maio 2014


.

Sobre o signo Gémeos

19 de maio de 2014 · 0 comentários


No próximo dia 21 maio 2014, de madruga bem cedo, às 3h58:49 TMG [Lisboa, Londres] e 4 horas menos no Brasil, portanto lá será no dia 20 maio, às 11h58:49 [horário de Brasília], o Sol ingressa no meu signo de vida: Gémeos.

Deixo aqui alguns links para lerem, se quiserem:

Signo Gémeos para a Alma:

Os homens e as mulheres de Gémeos:

Palavras-chave do signo Gémeos:

Níveis evolutivos do signo Gémeos:

O Ascendente Gémeos para as mulheres:

O Ascendente Gémeos para os homens:

Sobre Mercúrio, o planeta regente de Gémeos:




.

O Sol está hoje no meu Ascendente. Um 'pequeno nada' que me deixa sempre muito feliz

17 de maio de 2014 ·


O 17 de Maio [às vezes é a 18 ou a 19] é aquele dia do ano que gosto muito. Um momento único, uma vez por ano, no mapa de qualquer um de nós, variando os dias consoante os mapas. Tudo isto porque hoje o Sol em trânsito está conjunto ao meu Ascendente (no grau 27º 48' de Touro), iluminando todo o meu mapa e a minha vida.

Nem imaginam o quanto me sinto feliz com este pequeno nada, por este pequeno acontecimento. Ocorrem sempre coisas boas nos dias anteriores e nos seguintes. Voltou a acontecer! Estou mesmo sorridente.

Os amigos mais antigos deste blogue talvez se lembrem da ilustração acima, que é sempre a mesma que uso para «este» dia especial, desde há vários anos, desde o seu início. Pode comprovar aqui -  aquiaquiaqui - aqui - aqui. Um gemeniano também tem as suas rotinazinhas.

Não imaginam como me sinto feliz com este pequeno nada. Por isso, aqui ficam os meus agradecimentos:

- Grato a quem vem a este blogue e também aos que comigo interagem no «Facebook», «Google+» e também, aos que convivemos no chão deste nosso planeta.

- Grato aos amigos que fui fazendo. Grato aos «inimigos» que fui colectando, também, pois com eles conheço-me melhor.

- Grato às minhas irmãs. Grato ao meu gato Preto, que vai a caminho dos 18 anos. Saudades do meu Tibério, do Gabriel e da Maria.

- Grato à Astrid Annabelle, minha alma irmã neste planeta e em toda a Criação, desde a Origem dos Tempos. Grato a mim mesmo, por cada vez me aceitar melhor.

- Grato a todos os astrólogos e praticantes ou estudantes de astrologia. Grato à astrologia e aos clientes, às pessoas e amigos que vou tendo e que aceitam o meu trabalho. Uma especial gratidão à Luísa Sal e ao «Cristal de Cura»; ela sabe o porquê.

- Grato a todas as minhas alunas por terem acreditado em mim e estarem a frequentar o primeiro curso de astrologia que dou desde 2005. Uma década sem dar aulas. Grato aos futuros alunos já em fase de inscrição de futuros cursos que ainda vão começar este ano.

- Grato aos astrólogos, colaboradores, visitantes e leitores do site «Escola de Astrologia Nova-Lis». Este site já não me pertence, pois foi doado ao universo. Já nem sequer consigo fazer a sua manutenção. Tanto assim é que há 2 anos que não pago o seu caro alojamento num servidor, pois há sempre um mecenas, que de forma incógnita tem assumido esses custos. Agradeço muito a esse ou essa desconhecido/a. Quando este site surgiu, foi um prenúncio dos Novos Tempos para o movimento astrológico em língua portuguesa no Sec. XXI. Deu a conhecer dezenas de astrólogos em língua portuguesa. Deu a conhecer a pedagogia da astrologia. É único no seu género. Até ao ano 2011, última data em que consegui aceder ao seu back office, tinha recebido em pouco mais de 4 anos mais de 70 milhões de visitantes.

- Grato a todas as pessoas que compartilham o grupo privado «Ilha», no Facebook, pois trata de pessoas que nasceram ou viveram na ilha de Moçambique [link para fotos da ilha no meu Facebook], que sem dúvida alguma, representa o paraíso da minha lenda pessoal, além de todo o dharma que me foi dado viver até então.

- Grato a todos aqueles que reconhecem o trabalho que desenvolvo, desinteressadamente. Grato ao universo por me ajudar a viver de forma prazenteira.

- Grato pelo bem que me faz escutar este mantra delicioso - «Gayatri Mantra» [ou estas versões: aqui - aqui - aqui]. Das minhas vidas hindus. Fechem os olhos e oiçam. Grato pela canção que em mim ressoa como representativa de muitas minhas reencarnações passadas, o olhar para o Alto e o Além: «Les temps des cathedralles». 

- Grato à energia intrínseca do «Cova do Urso», como parte integrante de mim mesmo. 

- Grato aos meus entes falecidos e à minha comitiva espiritual.

- Grato a Jesus, que amo incondicionalmente.

- Finalmente, Grato a Deus. «Como sabem, diz-se assim: «Graças a Deus».

Envio, espalho, reparto, partilho e recebo bençãos de todos e para todos.

Muito obrigado por todos que fizeram, fazem e farão parte desta minha caminhada, nesta minha última reencarnação, neste planeta que eu amo.

Abraços + beijos a todos.

António

Lua Cheia de Touro, ou como é conhecido: o Festival de Wesak

12 de maio de 2014 ·

Clicar para aumentar e poder ver melhor.

Nesta quarta-feira 14 de maio de 2014 às 20h15, TMG, horário de Lisboa / Londres, 4 horas menos no Brasil (Brasília), no eixo Touro/Escorpião. Em outras partes do mundo, por exemplo na Tailândia, será no dia 13 maio.

Se estamos a falar de uma Lua Cheia, obviamente que estamos a comentar a oposição entre o Sol e Lua, ambos no grau 23º55', estando o Sol em Touro e a Lua em Escorpião.

Também ocorre aquilo que se conhece mundialmente como «Festival de Wesak».

Em uma conversa astrológica, quando abordamos o eixo Touro / Escorpião [subjetivamente as casas II e VIII], estamos claramente a falar do eixo da posse, dos apegos, dos bens, dos dinheiros [também dos outros], mas sobretudo na enorme dificuldade que poderá representar a nossa 'escolha' em não aceitarmos as coisas como são; representar a nossa 'escolha' de aprendermos o desapego e o soltar; e representar a nossa 'escolha' de deixarmos as coisas irem.

Estou sempre a comentar isto: tudo na nossa vida é uma 'escolha'. A seguir, vivenciamos as consequências dessas escolhas. Se eu não deixo ir, se não pratico o desapego, que me vai acontecer? Ainda hoje repeti em consulta privada: nos tempos de hoje vivemos sobretudo as consequências da 'escolha' sob a forma de inúmeros e pesados pensamentos negativos.

Aparentemente, até nem 'escolho' nada, mas se vivo na energia fatalista de que só há «mal» à minha volta, que me vai acontecer? O que é que atrairei para mim? Todos sabem a resposta, não é? Vou atrair as experiências, fruto de pensamentos negativos. Agora poderia escrever dando 101 exemplos do dia-a-dia. Mas não vale a pena, nem quero isso para mim, pois todos percebemos do que estou a falar.



Como é que encaixo aqui o Festival de Wesak? Muito simples: na Lua Cheia de Touro [este ano será a 14 de maio de 2014 às 20h15, TMG] é realizada a celebração máxima do Budismo, o Festival [ou feriado] de Wesak, no vale dos Himalaias, na Índia. Wesak ou Vesak, também conhecido como Buda Purnima, é um feriado tradicionalmente observado pelos budistas em diferentes dias e em diferentes regiões do globo, como por exemplo, no Nepal, Sri Lanka, Tibete, Bangladesh, Butão, Índia, Singapura, Vietname, Tailândia, Camboja, Laos, Malásia, Mianmar e Indonésia. É uma multidão de milhões e milhões de pessoas, praticantes do budismo. Às vezes, informalmente chamado de "Aniversário de Buda", na verdade esta data comemora o nascimento, a iluminação (Nirvana), e morte (Paranirvana) de Gautama Buda no Theravada ou tradição do sul. Tal como acontece numa boa parte do globo, os calendários usados não são o gregoriano, como acontece no ocidente, mas sim o 'lunar', daí o dizermos com precisão que é na Lua Cheia de Touro que ocorre este Festival. Como no oriente existem diversos calendários [o Hindú, o Budista, o Lunar, o Chinês, etc.], assim como as várias ramificações budistas, quero deixar muito claro que é um feriado [Festival] comemorado em diferentes dias do ano, mas a maioria segue a tradição do calendário lunar que nos informa que ocorre na Lua Cheia de Touro.

A terminar este tema, não tenho como escapar ao assunto, apesar de não pretender ser polémico, mas pode acontecer que o seja, tenho que assumir o meu papel de passar informação, mesmo que esta desgoste muita gente. Porque é que no ocidente [nós, Europa, Américas, Brasil, etc.] enfatizamos tanto a questão de ser um Festival, onde se vê [quem o vê, claro], o Buda no alto da montanha, muito próximo da humanidade a distribuir benesses? Na verdade, os ocidentais, há cerca de trinta e poucos anos, ávidos de criarem uma nova filosofia espiritual, e porque o budismo tinha entrado em força nas hostes  ocidentais, tendo começado a sua campanha em plena Califórnia nos anos 70 do século passado, graças à inteligência do atual Dalai Lama e seus conselheiros, viram uma excelente oportunidade de festejarem com muito fervor, uma data que pudesse ser mitificada e embelezada como o oposto do Natal cristão, como sabemos, no último século muito associado ao consumismo desenfreado. O desejo [egrégora] foi tão intenso que esta tese venceu, de tal maneira que hoje eu próprio dei por mim a aconselhar determinadas pessoas a fazerem uma meditação ou ritual ligados ao Festival de Wesak. O meu ritual é muito simples: uma meditação feliz tendo o meu Buda sorridente, em um altar improvisado, rodeado dos 4 elementos: lamparina acesa ou vela [Fogo], sal [Terra], água [Água] e incenso [Ar].

No que à astrologia diz respeito, esta Lua Cheia fará uma conjunção no céu com Saturno. Sugere a possibilidade de haver algum drama envolvendo a sua casa, pais, filhos, chefes, colegas ou o seu parceiro [no masculino] e poderá ser muito difícil viver as suas emoções, levando a que surjam sentimentos de rejeição e depressão.

Homens e especialmente pais, género masculino representado por Saturno, será a fonte de dificuldades enfrentadas pelo público e as mulheres poderão ser as mais lesadas, pois são regidas pela Lua. Teremos que estar atentos ao mundo, pois algum tipo de violência pode acontecer.

Segundo Jamie Partridge - em 'Astrology King' -, a última conjunção próxima numa Lua Cheia com Saturno foi em 1996, a 26 de setembro. No dia seguinte, os Talibãs, conquistaram o controle político, militar e económico de Kabul, a capital de Afeganistão, com todas as consequências que sabemos ter existido nestes quase 20 anos de guerra nesse país. Só recentemente é que Obama, o presidente americano, decidiu acabar com este estado de sítio, trazendo de volta a casa das centenas de milhares de jovens e menos jovens militares envolvidos nesta situação. Foi uma guerra ideológica e não as guerras habituais sobre finanças ou petróleo. Isto já é dizer muito.

Pessoalmente estou muito expectante em relação à Europa, Rússia e Ucrânia? Ou será o caso das 'meninas da Nigéria'? As possibilidades são múltiplas. Apenas, aguardemos e enviemos Luz para essas partes do globo. Estejamos atentos aos acontecimentos desta semana.

Entretanto, deixemos milhões de ocidentais a praticarem aquilo em que acreditam: a fazerem funcionar o Festival de Vesak.

Passem todos muito bem. Beijos & abraços.

António Rosa
12-5-2014



.

Mercúrio em Gémeos, já a partir de 7 maio 2014, às 15h56m17s TMG

5 de maio de 2014 ·


Mercúrio quando transita pelo signo Gémeos está no signo de sua regência. Na sua trajetória, se estiver bem aspectado e bem colocado no mapa natal, o raciocínio puro, lógico, pode ser levado à sua expressão mais elevada. 

Veja em que Casa acontece este trânsito. No meu caso, por exemplo, desenrola-se nas casas I e II.

Este Mercúrio geminiano é versátil, sem preconceitos e impessoal na sua habilidade para perceber a verdade, porque Mercúrio em Gémeos está mais preocupado com factos do que com atitudes e preferências pessoais.

As pessoas neste Mercúrio em Gémeos serão capazes de um profundo pensamento científico. Geralmente são bem educadas, conhecedoras de muitos assuntos e capazes de se comunicar com facilidade, rapidez e precisão, na fala e na escrita. Geralmente possuem um excelente vocabulário, que é um dos segredos de sua eloquência e sua clareza de expressão.

As pessoas neste trânsito de Mercúrio em Gémeos podem possuir um sistema nervoso muito sensível, o que torna difícil impedir a entrada de estímulos externos. Toda a conversa e atividade no seu ambiente são registadas com intensidade e vivacidade na sua consciência, forçando nos a  muitos pensamentos e impressões ao mesmo tempo.

Essa é a base da sua mente ágil, que possui a capacidade de registar duas impressões ou ter dois pensamentos quase que simultaneamente. Contudo, se essas pessoas forem submetidas a ambientes movimentados e complexos durante muito tempo, os seus nervos ficarão em frangalhos, podendo ocorrer fadiga, confusão e, algumas vezes, irritação. Portanto, elas precisam de períodos de isolamento para se acalmar, meditar e concentrar a sua mente. Não é uma situação fácil.

As pessoas com este trânsito de Mercúrio possuem uma intensa curiosidade; querem saber tudo a respeito de tudo. Mas correm o risco de querer aprender muitas coisas e dividir a sua atenção com muita frequência; podem não dar continuidade ao propósito de completar os projetos que assumem.~

Quando esta tendência é levada a extremos, cria-se o típico “homem dos sete instrumentos” (mas que não domina nenhum a fundo). Uma vez que para estas pessoas é possível considerar qualquer situação a partir de muitos pontos de vista, elas podem ter dificuldade para se decidirem e mudam de ideia com muita frequência, confundindo os outros. Em casos extremos, ganham a reputação de volúveis.

Somente Mercúrio em Aquário pode equiparar-se a esta posição no que diz respeito à originalidade mental. As mentes inventivas das pessoas são competentes para descobrir novas e surpreendentes soluções para problemas e situações. Estas pessoas precisam ser bem educadas para que possam utilizar melhor sua capacidade intelectual. Esta posição é comum entre cientistas, matemáticos, peritos em computadores, secretárias, escritores, repórteres, professores e oradores.


.

28 de maio de 2014

Lua Nova em Gémeos em 28 maio 2014

Minha terra, minha lenda pessoal, a ilha de Moçambique. Foto de Lígia de Noronha, 2014
Hoje é dia de Lua Nova em Gémeos, Maio 2014

Mais logo, dia 28 Maio 2014, às 18h40:12 TMG, teremos a muito conhecida Lua Nova de Gémeos.

Que podemos esperar desta Lua Nova?

Esta Lua Nova aponta para um novo começo em um caminho saudável. No entanto, perante o grau em que se encontra, o 7º, a caminho próximo do 8º de Gémeos, estamos perante uma possibilidade a ter em conta, caros leitores: haver alguma crise com a saúde. Dependendo do mapa natal de cada um, assim poderemos estar perante uma situação menor ou, pelo contrário, um caso importante.

Nestes graus, uma Lua Nova apresenta-se com um grande sentido de insegurança, alguma vulnerabilidade, fraqueza, o que fará forçá-lo/a a se preocupar com a sua saúde, quer física, quer mental, quer psicológica e, sobretudo, o lado espiritual.

Aproveite as duas primeiras semanas após o início deste novo ciclo de Lua Nova para definir novas metas na sua vida e iniciar o respectivo processo de transformação.

Esta é a primeira Lua Nova depois do Eclipse Solar em abril 2014. Assim de simples: é a Lua Nova de «CURA». A cura no sentido amplo da palavra: todos os nossos corpos [o físico, o mental, o emocional e o espiritual] estão sob a influência de uma Lua em Gémeos. Esta Lua Nova representa a cura de um desequilíbrio por identificar e o potencial de tratarmos da doença [não leia 'doença' no sentido literal, mas sim como 'aquilo que sentimos que não está bem'].

Depende de mim, de ti, de todos nós. O foco nesta Lua Nova de Gémeos na cura vai aliviar o possível sofrimento que transportamos em nós.

Porque é que eu insisto tanto nesta questão da saúde, quando o mais provável é a Internet estar cheia de palavras bem diferentes das minhas. Tudo isto, porque no mapa da Lua Nova de Gémeos, estar muito próximo das questões de saúde e respectiva cura. Quer ver?

- Mercúrio e Vénus farão um belo sextil: haverá tendencialmente um sentido harmónico daquilo que se quer fazer. Os relacionamentos estarão protegidos. A Lua Nova fará uma conjunção exacta com o asteróide Hígia, que como todos sabemos está associado a temas como: «higiene, medicina, cura e curandeiros, doenças, toxinas, operações, erros de diagnóstico e abuso de drogas. Hipocondria mostrando como o medo de venenos, médicos e resultados médicos. Hesitação para fazer check-ups, e se preocupar com a saúde da família e amigos» [Jamie Partidge, 'Astrology King']. Precisam de mais explicações? Esta Lua Nova fará uma quadratura exacta a Neptuno indicando indecisões, desilusões e problemas de insegurança que conduzem a questões de saúde. Mesmo a terminar esta Lua Nova faz uma conjunção exacta com a estrela fixa Híades que eu próprio defini assim, em 2007, no site da Escola de Astrologia Nova-Lis: «O gosto pelo risco. Amor pelos desafios. Violência. Grande risco de acidente. Reveses da fortuna. Grande risco de queda com perda de prestígio. Grande risco de ferimento na cabeça. Animosidade. Problemas de saúde. Risco de encarceramento. Grande risco de morte prematura.» 

Volto a perguntar: Precisam de mais explicações para o facto de eu tanto insistir no assunto da saúde? Gostaria muito de escrever uma «coisa» bonitinha, a falar de comunicação, mensagens e amor. Mas, a minha visão, foi em outro sentido. Ninguém é obrigado a aceitar como bom o que acabei de escrever acima.

Mesmo a terminar, só quero enfatizar que tudo vai depender do seu nível evolutivo ou de consciência. Quanto mais elevado for, menos problemas terá.

A seguir deixo-vos aquilo que eu entendo serem os níveis evolutivos de Gémeos e cada leitor, independentemente de ter algum planeta ou ângulo neste signo, deve, em consciência aceitar e intuição qual é o seu próprio nível evolutivo e de consciência. Ofereço-vos gratuitamente esta possibilidade de se auto-analisarem:

1º nível de evolução ou de consciência:
É a área da comunicação imediata. O dia-a-dia das relações, o mundo quotidiano como campo de troca verbal. Exprime a relação com os irmãos, a pequena informação dada à pessoa mais próxima, a forma como respondemos aos encontros casuais. É a esfera de relação mais prosaica do Zodíaco.

2º nível de evolução ou de consciência:
Revela-se o intelecto, a mente concreta, a aprendizagem, o ensino. Neste nível define-se a forma como apreendemos inteligentemente o real e o sabemos revelar aos outros. É o campo do estudo primário e secundário. Na Casa 2, o signo que abre esta casa informa sobre o tipo de energia que activamos ao aprender e comunicar. Neste nível situa-se o jornalismo como via imediata de informação, a capacidade de relações públicas, a facilidade de verbalização em qualquer sítio ou lugar.

3º nível de evolução ou de consciência:
Informa sobre a qualidade que se desenvolve ao aprender e que se expande ao ensinar. É o nosso poder mental. O modo como cada um assimila e transmite o conhecimento. O que o ensino pode trazer como valorização do Eu, como auto-descoberta. O tipo de confiança mental que o estudo nos pode despertar como valorização intelectual.

Passem todos muito bem.
Beijos & abraços
António Rosa
28 maio 2014, às 12h54

20 de maio de 2014

Curso Prático de Astrologia Dharmica e Karmica - Uma Linguagem Divina

Clicar na ilustração para a aumentar e ler melhor.
Curso Prático de Astrologia Dharmica e Karmica - Uma Linguagem Divina

Texto aqui, no site «Cristal de Cura» - http://www.cristaldecura.com/pt/curso/572

Um curso astrológico completo de apenas 1 ano escolar [7 Setembro 2014 a Junho 2015], organizado e realizado pelo astrólogo António Rosa, baseado na metodologia criada para os cursos «Astrologia Nova-Lis».

Deixe que lhe faça algumas perguntas:

- Quer aprender a analisar e interpretar uma carta natal, passo-a-passo?
- Costuma perder-se no meio de tantos significados de signos, casas, planetas, elementos, dignidades, qualidades, aspetos e não sabe como relacioná-los num mapa astrológico?
- Quer conhecer mais sobre a personalidade, a espiritualidade, a psicologia, os padrões, os medos, a vocação, os valores, os amores, o dharma e o karma de si mesmo/a e dos outros através de uma carta natal?


Este é o curso prático que procura:

Curso de introdução à astrologia sobre as qualidades, elementos, signos, casas, planetas e aspectos de uma carta astral, em que se garante que, se houver empenho e interesse por parte do/a aluno/a, em poucos meses poderá fazer as interpretações básicas para poder entender um mapa natal. Depois, só a continuação dos estudos e respetiva prática é que poderão prosseguir para um nível intermédio e, com os anos, e muito estudo, para os níveis avançados.

Espero, portanto, que neste 1º ano escolar [7 Setembro 2014 a Junho 2015], com aulas mensais, sempre aos domingos, apenas nos concentremos nos níveis básico e intermédio dos conhecimentos astrológicos. Os níveis muito avançados serão objeto de outro tipo de formação, não pertencendo a este curso prático.

Com este «Curso Prático de Astrologia Dharmica e Karmica» proponho-me que, em apenas 1 ano escolar [Setembro a Junho], os alunos e alunas aprendam as bases astrológicas, ficando aptos para, no final do curso, os seus conhecimentos astrológicos sejam de um nível intermédio, o que lhes garantirá ferramentas para uma interpretação geral do mapa e, eventualmente, darem os primeiros passos na interpretação de trânsitos, entrando no mundo surpreendente das previsões.

Temas gerais deste curso que será eminentemente prático, sem esquecermos nunca as bases teóricas do Conhecimento:

- Que é a Astrologia? Um pouco de história. Os 12 grandes arquétipos. A Roda do Zodíaco: Elementos, Qualidades, Signos, Casas e Planetas. Muitas ilustrações a acompanharem as explicações nas aulas.
- Descrição e interpretação de todos os elementos que estão numa carta natal.
- Muitos exercícios práticos de Cartas Natais dos alunos e de outras personalidades.

Assuntos a considerar para este curso:

- Este é um curso moderno deste século. Não serão fornecidos manuais em papel porque todo o curso funcionará com acessos à internet usando os textos que estão no meu blogue «Cova do Urso» ou no meu site «Escola de Astrologia Nova-Lis», além do material a alojar no meu Google Drive que, como sabem, é acedido apenas através de partilha. Logo, não é público. Todos esses links serão fornecidos aos alunos, ao longo do curso. Serão centenas de textos e ilustrações referentes ao curso. Há muito que estudar, se quiserem, claro!

- Por tudo isto sugere-se que todos os alunos se equipem com a ferramenta mínima necessária, que é possuírem uma conta de email no «Gmail», que pertence ao Google, para haver maior compatibilidade com as ferramentas que uso e que a maioria das pessoas usa. Não sendo obrigatório, facilitaria sobretudo o seu próprio trabalho e, por arrastamento, o dos outros. Medite no assunto.

- Será criado um «grupo privado» no Facebook, com o nome deste curso, como plataforma de debate para uma maior evolução na aprendizagem astrológica entre todos os intervenientes no curso. Obviamente, não se obriga, mas informa-se que quem não tiver uma conta/página no Facebook, ou não o frequentar, correrá o risco de não ter acesso a conversas, estudos e exercícios práticos que serão feitos entre uma aula e outra. Na prática quer dizer, que teremos um domingo por mês de aulas presenciais e o resto do mês com participação online muito ativa. Serão muitas horas de estudos, tudo pelo mesmo preço. Seja moderno e aproveite.

- Local do curso: «Cristal de Cura», Ericeira, Portugal, já no seu novo espaço. No ato de inscrição no curso, será fornecida a morada deste espaço. Há muito espaço para estacionamento. A beleza do local ficará para quando conhecerem o novo espaço.

- Como foi dito acima, as aulas serão mensais, sempre ao um domingo, das 10 às 17h30, com um intervalo máximo de 1 hora e meia para o almoço [às 12h20/12h30] e 2 pequenos intervalos [de manhã e de tarde] para um breve lanche. A hora indicada para terminar cada dia de aula, as 17h30, não é uma hora rígida, pois não irei interromper nenhuma parte da matéria, no caso de precisar de mais uns minutos, mas o oposto também pode acontecer: não irei inventar uma conversa porque ainda faltem alguns minutos para a hora marcada para o fim do dia da aula. Portanto, tanto pode ultrapassar um bocadinho a hora de encerramento, como pode acontecer antecipar em alguns minutos esse finalizar.

- Garante-se assim uma média de cerca 6 horas e meia em cada dia de aula, além do que foi mencionado acima no «grupo» do Facebook.

- A primeira aula será no  domingo, 7 Setembro, das 10h00 às 17h30.

- A hora indicada para terminar cada dia de aula, as 17h30, não é uma hora rígida, pois não irei interromper nenhuma parte da matéria, no caso de precisar de mais uns minutos, mas o oposto também pode acontecer: não irei inventar uma conversa porque ainda faltem alguns minutos para a hora marcada para o fim do dia da aula. Portanto, tanto pode ultrapassar um bocadinho a hora de encerramento, como pode acontecer antecipar em alguns minutos esse finalizar.

- As aulas seguintes serão informadas no decorrer das aulas. Sempre aos domingos.

- As aulas serão gravadas em mp3 e estes ficheiros serão fornecidos aos alunos, sem custos, através do meu Google Drive.

- Custo: 60 euros por aula. Basta fazerem as contas e compararem com os custos de outros cursos de astrologia para perceberem as vantagens deste nosso. Na inscrição para o curso deverão adiantar por transferência bancária o valor 15 euros.

- Na inscrição para o curso, o/a aluno/a deverá fornecer os seus seguintes dados pessoais para fazermos o seu mapa natal: data, hora e local de nascimento. Faça um esforço para saber a sua hora de nascimento com grande exactidão, pois é com este dado que se elabora o Ascendente das pessoas.

- Inscrições abertas (até 2 dias antes do evento).

- Marcações: 96 806 1279  |  96 777 2989  |  contactos@cristaldecura.com

- Na inscrição forneça o seu email [de preferência do ‘Gmail’] e o nome que usa no Facebook, para poder ser aderido ao grupo que foi criado especificamente para este curso.

- No final do curso será fornecido um diploma de participação.

Passem bem. Muito agradecido.

António Rosa
20 maio 2014


.

19 de maio de 2014

Sobre o signo Gémeos


No próximo dia 21 maio 2014, de madruga bem cedo, às 3h58:49 TMG [Lisboa, Londres] e 4 horas menos no Brasil, portanto lá será no dia 20 maio, às 11h58:49 [horário de Brasília], o Sol ingressa no meu signo de vida: Gémeos.

Deixo aqui alguns links para lerem, se quiserem:

Signo Gémeos para a Alma:

Os homens e as mulheres de Gémeos:

Palavras-chave do signo Gémeos:

Níveis evolutivos do signo Gémeos:

O Ascendente Gémeos para as mulheres:

O Ascendente Gémeos para os homens:

Sobre Mercúrio, o planeta regente de Gémeos:




.

17 de maio de 2014

O Sol está hoje no meu Ascendente. Um 'pequeno nada' que me deixa sempre muito feliz


O 17 de Maio [às vezes é a 18 ou a 19] é aquele dia do ano que gosto muito. Um momento único, uma vez por ano, no mapa de qualquer um de nós, variando os dias consoante os mapas. Tudo isto porque hoje o Sol em trânsito está conjunto ao meu Ascendente (no grau 27º 48' de Touro), iluminando todo o meu mapa e a minha vida.

Nem imaginam o quanto me sinto feliz com este pequeno nada, por este pequeno acontecimento. Ocorrem sempre coisas boas nos dias anteriores e nos seguintes. Voltou a acontecer! Estou mesmo sorridente.

Os amigos mais antigos deste blogue talvez se lembrem da ilustração acima, que é sempre a mesma que uso para «este» dia especial, desde há vários anos, desde o seu início. Pode comprovar aqui -  aquiaquiaqui - aqui - aqui. Um gemeniano também tem as suas rotinazinhas.

Não imaginam como me sinto feliz com este pequeno nada. Por isso, aqui ficam os meus agradecimentos:

- Grato a quem vem a este blogue e também aos que comigo interagem no «Facebook», «Google+» e também, aos que convivemos no chão deste nosso planeta.

- Grato aos amigos que fui fazendo. Grato aos «inimigos» que fui colectando, também, pois com eles conheço-me melhor.

- Grato às minhas irmãs. Grato ao meu gato Preto, que vai a caminho dos 18 anos. Saudades do meu Tibério, do Gabriel e da Maria.

- Grato à Astrid Annabelle, minha alma irmã neste planeta e em toda a Criação, desde a Origem dos Tempos. Grato a mim mesmo, por cada vez me aceitar melhor.

- Grato a todos os astrólogos e praticantes ou estudantes de astrologia. Grato à astrologia e aos clientes, às pessoas e amigos que vou tendo e que aceitam o meu trabalho. Uma especial gratidão à Luísa Sal e ao «Cristal de Cura»; ela sabe o porquê.

- Grato a todas as minhas alunas por terem acreditado em mim e estarem a frequentar o primeiro curso de astrologia que dou desde 2005. Uma década sem dar aulas. Grato aos futuros alunos já em fase de inscrição de futuros cursos que ainda vão começar este ano.

- Grato aos astrólogos, colaboradores, visitantes e leitores do site «Escola de Astrologia Nova-Lis». Este site já não me pertence, pois foi doado ao universo. Já nem sequer consigo fazer a sua manutenção. Tanto assim é que há 2 anos que não pago o seu caro alojamento num servidor, pois há sempre um mecenas, que de forma incógnita tem assumido esses custos. Agradeço muito a esse ou essa desconhecido/a. Quando este site surgiu, foi um prenúncio dos Novos Tempos para o movimento astrológico em língua portuguesa no Sec. XXI. Deu a conhecer dezenas de astrólogos em língua portuguesa. Deu a conhecer a pedagogia da astrologia. É único no seu género. Até ao ano 2011, última data em que consegui aceder ao seu back office, tinha recebido em pouco mais de 4 anos mais de 70 milhões de visitantes.

- Grato a todas as pessoas que compartilham o grupo privado «Ilha», no Facebook, pois trata de pessoas que nasceram ou viveram na ilha de Moçambique [link para fotos da ilha no meu Facebook], que sem dúvida alguma, representa o paraíso da minha lenda pessoal, além de todo o dharma que me foi dado viver até então.

- Grato a todos aqueles que reconhecem o trabalho que desenvolvo, desinteressadamente. Grato ao universo por me ajudar a viver de forma prazenteira.

- Grato pelo bem que me faz escutar este mantra delicioso - «Gayatri Mantra» [ou estas versões: aqui - aqui - aqui]. Das minhas vidas hindus. Fechem os olhos e oiçam. Grato pela canção que em mim ressoa como representativa de muitas minhas reencarnações passadas, o olhar para o Alto e o Além: «Les temps des cathedralles». 

- Grato à energia intrínseca do «Cova do Urso», como parte integrante de mim mesmo. 

- Grato aos meus entes falecidos e à minha comitiva espiritual.

- Grato a Jesus, que amo incondicionalmente.

- Finalmente, Grato a Deus. «Como sabem, diz-se assim: «Graças a Deus».

Envio, espalho, reparto, partilho e recebo bençãos de todos e para todos.

Muito obrigado por todos que fizeram, fazem e farão parte desta minha caminhada, nesta minha última reencarnação, neste planeta que eu amo.

Abraços + beijos a todos.

António

12 de maio de 2014

Lua Cheia de Touro, ou como é conhecido: o Festival de Wesak

Clicar para aumentar e poder ver melhor.

Nesta quarta-feira 14 de maio de 2014 às 20h15, TMG, horário de Lisboa / Londres, 4 horas menos no Brasil (Brasília), no eixo Touro/Escorpião. Em outras partes do mundo, por exemplo na Tailândia, será no dia 13 maio.

Se estamos a falar de uma Lua Cheia, obviamente que estamos a comentar a oposição entre o Sol e Lua, ambos no grau 23º55', estando o Sol em Touro e a Lua em Escorpião.

Também ocorre aquilo que se conhece mundialmente como «Festival de Wesak».

Em uma conversa astrológica, quando abordamos o eixo Touro / Escorpião [subjetivamente as casas II e VIII], estamos claramente a falar do eixo da posse, dos apegos, dos bens, dos dinheiros [também dos outros], mas sobretudo na enorme dificuldade que poderá representar a nossa 'escolha' em não aceitarmos as coisas como são; representar a nossa 'escolha' de aprendermos o desapego e o soltar; e representar a nossa 'escolha' de deixarmos as coisas irem.

Estou sempre a comentar isto: tudo na nossa vida é uma 'escolha'. A seguir, vivenciamos as consequências dessas escolhas. Se eu não deixo ir, se não pratico o desapego, que me vai acontecer? Ainda hoje repeti em consulta privada: nos tempos de hoje vivemos sobretudo as consequências da 'escolha' sob a forma de inúmeros e pesados pensamentos negativos.

Aparentemente, até nem 'escolho' nada, mas se vivo na energia fatalista de que só há «mal» à minha volta, que me vai acontecer? O que é que atrairei para mim? Todos sabem a resposta, não é? Vou atrair as experiências, fruto de pensamentos negativos. Agora poderia escrever dando 101 exemplos do dia-a-dia. Mas não vale a pena, nem quero isso para mim, pois todos percebemos do que estou a falar.



Como é que encaixo aqui o Festival de Wesak? Muito simples: na Lua Cheia de Touro [este ano será a 14 de maio de 2014 às 20h15, TMG] é realizada a celebração máxima do Budismo, o Festival [ou feriado] de Wesak, no vale dos Himalaias, na Índia. Wesak ou Vesak, também conhecido como Buda Purnima, é um feriado tradicionalmente observado pelos budistas em diferentes dias e em diferentes regiões do globo, como por exemplo, no Nepal, Sri Lanka, Tibete, Bangladesh, Butão, Índia, Singapura, Vietname, Tailândia, Camboja, Laos, Malásia, Mianmar e Indonésia. É uma multidão de milhões e milhões de pessoas, praticantes do budismo. Às vezes, informalmente chamado de "Aniversário de Buda", na verdade esta data comemora o nascimento, a iluminação (Nirvana), e morte (Paranirvana) de Gautama Buda no Theravada ou tradição do sul. Tal como acontece numa boa parte do globo, os calendários usados não são o gregoriano, como acontece no ocidente, mas sim o 'lunar', daí o dizermos com precisão que é na Lua Cheia de Touro que ocorre este Festival. Como no oriente existem diversos calendários [o Hindú, o Budista, o Lunar, o Chinês, etc.], assim como as várias ramificações budistas, quero deixar muito claro que é um feriado [Festival] comemorado em diferentes dias do ano, mas a maioria segue a tradição do calendário lunar que nos informa que ocorre na Lua Cheia de Touro.

A terminar este tema, não tenho como escapar ao assunto, apesar de não pretender ser polémico, mas pode acontecer que o seja, tenho que assumir o meu papel de passar informação, mesmo que esta desgoste muita gente. Porque é que no ocidente [nós, Europa, Américas, Brasil, etc.] enfatizamos tanto a questão de ser um Festival, onde se vê [quem o vê, claro], o Buda no alto da montanha, muito próximo da humanidade a distribuir benesses? Na verdade, os ocidentais, há cerca de trinta e poucos anos, ávidos de criarem uma nova filosofia espiritual, e porque o budismo tinha entrado em força nas hostes  ocidentais, tendo começado a sua campanha em plena Califórnia nos anos 70 do século passado, graças à inteligência do atual Dalai Lama e seus conselheiros, viram uma excelente oportunidade de festejarem com muito fervor, uma data que pudesse ser mitificada e embelezada como o oposto do Natal cristão, como sabemos, no último século muito associado ao consumismo desenfreado. O desejo [egrégora] foi tão intenso que esta tese venceu, de tal maneira que hoje eu próprio dei por mim a aconselhar determinadas pessoas a fazerem uma meditação ou ritual ligados ao Festival de Wesak. O meu ritual é muito simples: uma meditação feliz tendo o meu Buda sorridente, em um altar improvisado, rodeado dos 4 elementos: lamparina acesa ou vela [Fogo], sal [Terra], água [Água] e incenso [Ar].

No que à astrologia diz respeito, esta Lua Cheia fará uma conjunção no céu com Saturno. Sugere a possibilidade de haver algum drama envolvendo a sua casa, pais, filhos, chefes, colegas ou o seu parceiro [no masculino] e poderá ser muito difícil viver as suas emoções, levando a que surjam sentimentos de rejeição e depressão.

Homens e especialmente pais, género masculino representado por Saturno, será a fonte de dificuldades enfrentadas pelo público e as mulheres poderão ser as mais lesadas, pois são regidas pela Lua. Teremos que estar atentos ao mundo, pois algum tipo de violência pode acontecer.

Segundo Jamie Partridge - em 'Astrology King' -, a última conjunção próxima numa Lua Cheia com Saturno foi em 1996, a 26 de setembro. No dia seguinte, os Talibãs, conquistaram o controle político, militar e económico de Kabul, a capital de Afeganistão, com todas as consequências que sabemos ter existido nestes quase 20 anos de guerra nesse país. Só recentemente é que Obama, o presidente americano, decidiu acabar com este estado de sítio, trazendo de volta a casa das centenas de milhares de jovens e menos jovens militares envolvidos nesta situação. Foi uma guerra ideológica e não as guerras habituais sobre finanças ou petróleo. Isto já é dizer muito.

Pessoalmente estou muito expectante em relação à Europa, Rússia e Ucrânia? Ou será o caso das 'meninas da Nigéria'? As possibilidades são múltiplas. Apenas, aguardemos e enviemos Luz para essas partes do globo. Estejamos atentos aos acontecimentos desta semana.

Entretanto, deixemos milhões de ocidentais a praticarem aquilo em que acreditam: a fazerem funcionar o Festival de Vesak.

Passem todos muito bem. Beijos & abraços.

António Rosa
12-5-2014



.

5 de maio de 2014

Mercúrio em Gémeos, já a partir de 7 maio 2014, às 15h56m17s TMG


Mercúrio quando transita pelo signo Gémeos está no signo de sua regência. Na sua trajetória, se estiver bem aspectado e bem colocado no mapa natal, o raciocínio puro, lógico, pode ser levado à sua expressão mais elevada. 

Veja em que Casa acontece este trânsito. No meu caso, por exemplo, desenrola-se nas casas I e II.

Este Mercúrio geminiano é versátil, sem preconceitos e impessoal na sua habilidade para perceber a verdade, porque Mercúrio em Gémeos está mais preocupado com factos do que com atitudes e preferências pessoais.

As pessoas neste Mercúrio em Gémeos serão capazes de um profundo pensamento científico. Geralmente são bem educadas, conhecedoras de muitos assuntos e capazes de se comunicar com facilidade, rapidez e precisão, na fala e na escrita. Geralmente possuem um excelente vocabulário, que é um dos segredos de sua eloquência e sua clareza de expressão.

As pessoas neste trânsito de Mercúrio em Gémeos podem possuir um sistema nervoso muito sensível, o que torna difícil impedir a entrada de estímulos externos. Toda a conversa e atividade no seu ambiente são registadas com intensidade e vivacidade na sua consciência, forçando nos a  muitos pensamentos e impressões ao mesmo tempo.

Essa é a base da sua mente ágil, que possui a capacidade de registar duas impressões ou ter dois pensamentos quase que simultaneamente. Contudo, se essas pessoas forem submetidas a ambientes movimentados e complexos durante muito tempo, os seus nervos ficarão em frangalhos, podendo ocorrer fadiga, confusão e, algumas vezes, irritação. Portanto, elas precisam de períodos de isolamento para se acalmar, meditar e concentrar a sua mente. Não é uma situação fácil.

As pessoas com este trânsito de Mercúrio possuem uma intensa curiosidade; querem saber tudo a respeito de tudo. Mas correm o risco de querer aprender muitas coisas e dividir a sua atenção com muita frequência; podem não dar continuidade ao propósito de completar os projetos que assumem.~

Quando esta tendência é levada a extremos, cria-se o típico “homem dos sete instrumentos” (mas que não domina nenhum a fundo). Uma vez que para estas pessoas é possível considerar qualquer situação a partir de muitos pontos de vista, elas podem ter dificuldade para se decidirem e mudam de ideia com muita frequência, confundindo os outros. Em casos extremos, ganham a reputação de volúveis.

Somente Mercúrio em Aquário pode equiparar-se a esta posição no que diz respeito à originalidade mental. As mentes inventivas das pessoas são competentes para descobrir novas e surpreendentes soluções para problemas e situações. Estas pessoas precisam ser bem educadas para que possam utilizar melhor sua capacidade intelectual. Esta posição é comum entre cientistas, matemáticos, peritos em computadores, secretárias, escritores, repórteres, professores e oradores.


.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates