Não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior

29 de novembro de 2010 ·


Comemorando o 3º ano de publicação deste artigo, 
Vou apenas efectuar uma pequena correcção ao texto,
actualizando-o nos tempos verbais,
pois como estou reformado, já não sou editor de livros esotéricos.

Na minha qualidade de antigo editor de livros esotéricos [agora na reforma] era frequente receber telefonemas, quer de clientes para comprarem livros, quer de potenciais autores que pretendem publicar os seus manuscritos.

Portanto, é frequente eu ouvir expressões como esta: 'é do Bem', 'só quero livros do Bem', 'o meu livro é do Bem', etc. Também estou habituado a ler na internet expressões similares. Ninguém se assume do 'Mal'. Os terapeutas e gurus menos que ninguém, e os que não sendo uma coisa ou outra, mas escrevem livros desta área, também.

Mas também ninguém se mostra compreensivo com o espectro oposto do 'Bem'. Estamos todos tão 'iluminadozinhos' que nem nos apercebemos que o nosso ego (o espiritual) já está formatado para estas questões. 'Eu sou terapeuta do Bem'. 'Faço terapias do Bem'. Haveria muito a dizer sobre isto. E não seriam coisas simpáticas. Fica para uma próxima inspiração.

É um número avultado de pessoas a fazerem afirmações similares. Na qualidade de estudante de astrologia, também já assisti muitas vezes a equívocos destes. Eu próprio, recordo-me de ter caído na armadilha, mais do que uma vez. Tive que passar pela dores intensas de Plutão para viver na carne estas questões. E, mesmo assim... meto-me em cada 'calinada'.

Outro grupo de pessoas, cada vez mais numeroso, incluindo terapeutas e guruzinhos  fazem afirmações opostas: 'Isto é do Mal'. 'São obsessores'. 'São espíritos malignos'. 'É bruxaria do Mal'. Aqui, faria um longo, muito longo etc. e teria muito que dizer, mas acredito que eles nem se dão conta do que dizem. Têm muito que crescer ainda, enquanto terapeutas. Graças a Deus! O caso é que cobram para dizerem disparates.

Não pensem que o espectro negativo [o 'Mal'] desaparece só porque lêem muitas canalizações e emails bonitinhos. Se estas leituras não forem acompanhadas com verdadeiros pensamentos positivos, sem julgamentos, de aceitação, de propósito superior, de ausência de vaidade e arrogância, se se amarem, aí, sim, iniciarão um caminho estreito que os conduzirá à Luz. Também ando à procura desses caminhos há muitos, muitos anos. Já passei por todas as correntes espiritualistas que possam imaginar. Tenho idade para isso, não é? Continuemos...

É aqui que fica o primeiro aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores,  terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.

Assim se criou uma egrégora de fuga ao 'Mal' e uma aproximação ao 'Bem'. Até aqui, nada a dizer, se isto fosse feito em consciência própria de modo a assumirmos que todos temos o nosso lado 'Sombra'. Semi-cerrando os olhos e vendo um vasto horizonte, percebe-se que mesmo os terapeutas, que já têm o ego espiritual super controlado, caiem no equívoco de 'julgarem', de 'não aceitarem' a realidade deste planeta e da humanidade que cá vive. Portanto, não curam, quando o seu verdadeiro propósito deveria ser curar. Lamento dizer isto.


É frequente esquecermo-nos que a nossa Sombra ('Mal') existe e está ao lado da nossa Luz ('Bem'). Não assumirmos isto, é praticarmos uma espiritualidade lindinha. É fugirmos de nós mesmos, desta nossa reencarnação, em um planeta de polaridades opostas, para fazermos a nossa aprendizagem. Somos um planeta da dualidade. E vivemos nele, por enquanto.

Neste sentido, a nível de terceira dimensão, é correcto dizermos que existe um espectro electromagnético que contém, um campo positivo e outro negativo. Isto, aprendemos na escola, não tem nada de espiritualidade misteriosa.

Temos que aceitar o seguinte: este tema do 'Bem' e do 'Mal' é muito complexo e está eivado de enormes preconceitos. O 'Mal' está conotado com as energias negativas, à bruxaria, às incorporações de entidades não luminosas, às mezinhas e rezas, aos exorcismos, às possessões, demónios, diabo, anjos do mal, inferno, etc.

A certa altura da Era de Carneiro/Áries - uns 3.000 a 3.500 anos atrás -, por questões de controlo e comando, a ideia do 'Mal' começou a instalar-se na psique colectiva da humanidade de então, que tem trazido até hoje essa questão. Estamos a falar de 'dominar através do medo do desconhecido'. Assim, surgiram as normas do Antigo Testamento, facilmente reentradas no Novo Testamento, com as igrejas dominantes a forçarem a nota do 'pecado', coisa do 'Mal'.

Portanto, estas questões estão profundamente instaladas nas nossas formas-pensamento. O que são formas-pensamento? Em síntese, são blocos energéticos invisíveis, criados pelos nossos próprios pensamentos. Se penso ou me metem na cabeça que tenho um obsessor, ele vai aparecer. Se me convenço ou me fazem convencer que estou a ser atacado pelo 'Mal', garanto-vos que esse espectro vai por-se em andamento e consumir-me. Por medo meu.

E aquilo que pensamos serem forças do 'Mal' não passam de energia eléctrica produzida por nós e atraída até nós, por nós mesmos. Falando num português mais corrente: se pensas que estás possuído pelo demónio, ele vem, pois esteve sempre em ti e, na realidade é a tua própria Sombra, que faz parte de ti.



Se o teu terapeuta fomenta isso e faz disso um 'grande caso', e te diz que as entidades estão a dar cabo de ti, duvida que assim seja. Faz por amar-te muito e afasta-te dessa energia perigosa.  Aceita ajuda desinteressada. Se, pelo contrário, o teu terapeuta ou guru estiver atento a alguma possível disfunção da tua aura (teu campo protector electromagnético - ver figura acima) e se propuser a ajudar a restaurar essa energia, então acredita nele.

Eu sei que te coloquei uma dúvida na tua cabeça, que é esta: «e como sei que o meu terapeuta está a cuidar mim ou a alarmar-me?». A resposta é simples: escuta a tua voz interior, que nunca se engana. Já te tinha avisado, mais acima.

O que diferencia o 'Mal' do 'Bem' é que este faz sentires-te bem e cómodo contigo mesmo. Como são espectros opostos, provocam sensações também opostas. As energias negativas proporcionam sensações bem diferentes das energias positivas. E tu, ainda bem que preferes estar na energia positiva, o lado mais luminoso da vida. Mas em resumo, estas energias não são nem demoníacas (negativas), nem celestiais (positivas).  São apenas 'campos eléctricos' da terceira dimensão. Simplesmente fazem parte de ti. Se os teus pensamentos recorrentes forem positivos, serão sempre encaminhados para a forma-pensamento positiva. São aquilo que chamas de 'campos electromagnéticos'. Informa-te mais sobre estes assuntos e foge dos anúncios (em papel ou na net) daqueles que afirmam que te tiram o 'Mal'

Não gastes o teu dinheiro neste tipo de consultas. Aprende a fazer meditação, aprende tudo sobre aura, mantém-na energeticamente limpa e cuida dos teus próprios pensamentos. Não atraias raios e coriscos para ti próprio.
Estejam tranquilos pois não vou desenvolver sobre os principais agentes provocadores destas situações: dos exorcismos das igrejas; de certas práticas espíritas muito dominadoras; do ambiente pesado em certos terreiros; de certos consultórios cheios de santinhos ou de mestres ascencionados; nem na necessidade de fazerem rituais por tudo em por nada, sem terem consciência de que atraem para essa prática. No contínuo chamamento de entidades desencarnadas, o que não é bom, pois ao fazermos chamamentos, atraímos  tudo. As entidades mais luminosas e as outras, que ainda estão em fase evolutiva a caminho da Luz. E, ninguém pode garantir nada. Nada de nada. Espero que assim, ninguém se zangue.

Podes aprender muito com os outros [gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos], e isso deve ressoar em ti… Mas o conhecimento mais profundo deve sempre vir de dentro de ti mesmo.

Aquilo que chamas de “Mal” não existe verdadeiramente acima dos níveis da dualidade, que tem um projecto importante, um propósito verdadeiro neste contexto. É causa e efeito, e estes são os grandes professores da nossa vida tridimensional. Aqui, entraríamos num longo debate, que não é o caso deste artigo. Conheces isto da causa e efeito por outro nome: Karma ou efeitos cármico e, já agora, o lado oposto, o Dharma.

Procura informar-te mais sobre «aura», pois é aí que reside  a tua defesa psíquica. Do ponto de vista mais elevado, sabe-se que não há possessões, mas sim campos áuricos desalinhados, que são invadidos pela energia de polaridade negativa. Quanto maior for o desalinho da tua aura e dos teus chacras, mais vai parecer um possessão demoníaca ou de entidades. Não existe isso, mas a tua psique sabe imitar muito bem estas situações. Existem, sim, realidades mentais e tridimensionais que conduzem a que se «veja» isso. Como campos electromagnéticos que são, movimentam-se a velocidades impressionantes, podendo afectar o estado físico de uma pessoa e o resto é feito pela nossa psique, pois sabe-se que ainda não está totalmente estudada e descodificada, por muito que desagrade aos psicólogos.

Tem cuidado com as curas inadequadas, abusivas, pois o que provocam é maior dano no teu campo áurico. Os verdadeiros terapeutas deveriam ensinar estas cosias aos seus clientes, sem os enganar com frases que metem medo, partindo logo para possessões demoníacas, obsessores e entidades sugadoras. Os terapeutas deveriam saber cuidar das pessoas. Há terapeutas talentosos que o fazem. Conheço alguns, mas também conheço outros, muito famosos, que nada fazem e só metem medo aos seus clientes. Tudo a troco de dinheiro.


«Nós próprios distorcemos as nossas auras com intenções auto-induzidas, como medo, auto-negação, auto-depreciação, ciúme, depressão, ansiedade, raiva e qualquer tipo de projecção negativa que cause curto-circuito no campo áurico, rompendo-o e abrindo-o para o escoamento de energia.» - In Arcanjo Metatron, canalizado por James Tyberonn, em Novembro de 201o, aqui.

Terminando com um exemplo extremo:

Qual é a nossa aprendizagem mais dura e que até pode ser considerada uma terapia? Uma terapia extrema, mas, em todo o caso, terapia. Pensamentos de raiva, ódio, vingança. Porque através da causa e efeito, a própria infelicidade que trazem à criatura é tão violenta, que in extremis, buscará uma solução para sair dessa forma duríssima de viver. É uma aprendizagem e uma terapia. Não recomendo, mas é.

É aqui que repito o aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.



Tenho consciência que haverá pessoas que não vão aceitar este artigo. Paciência.


.

O 'Cova do Urso' no ranking do «Best Astrology Sites», em Dezembro

· 14 comentários


O 'Cova do Urso' esta na lista nos Top 60 do 'Best Astrology Sites'
Eu teria preferido estar na lista dos blogues e não dos sites.
Para esse lugar, estaria melhor a «Escola de Astrologia Nova-Lis». 

De qualquer forma,
MUITO AGRADECIDO AO

Best Astrology Sites 

http://bestastrologysites.com/

Top Ranked Astrology Sites & Blog
This December 2010 Astrology update lists the top 60 astrology sites based on Alexa rankings.
  Rank
  Astrology Site
Score







01
Astrodienst
4284

02
Astrology.com
5362

03
Jonathan Cainer
9795

04
Astrology Zone
10524

05
Ganesha Speaks
12553

06
Astro Center
17887

07
Cafe Astrology
18503

08
Russell Grant
42877

09
Astrology on the Web
53164

10
Astroyogi
54048

11
AstroVed
57363

12
Astrology Weekly
58447

13
Astrotheme
72179

14
Free Will Astrology
73191

15
Free Horoscopes Astrology
75771

16
Scientific Astrology
86530

17
Moonology
90444

18
Darkstar Astrology
115335

19
StarIQ
130188

20
Sasstrology
142390

21
Truth Star
147096

22
The Astrology Room
158135

23
Elsa Elsa
158921

24
Linda Goodman
161645

25
Terry Nazon
183363

26
Shelley Von Strunckel
191732

27
Michael Lutin
204832

28
Skyscript
207726

29
Libra Rising
219859

30
Dr. Prem Kumar Sharma
219913

31
Bob Marks Astrologer
226710

32
Ed Tamplin
234478

33
Future Point
238223

34
Big Sky Astrology
252087

35
Mystic Medusa
261312

36
The Merriman Market Analyst
262812

37
Aquarius Papers
287143

38
Planet Waves
295797

39
Astro Valley
350574

40
Astro Dispatch
370574

41
Access: New Age
377247

42
Cova do Urso
419812

43
Evolving Door
431475

44
Clickastro
432710

45
Constellations of Words
440153

46
Daykeeper Journal
467765

47
Vedic Astrology Center
484699

48
Renaissance Astrology
503866

49
Cosmic World
516206

50
Sky Writer
547496

51
Astroguru India
570866

52
AstroFix
577413

53
Jessica Adams
584128

54
Indian Astrology Horoscope
642406

55
Jupiter Meets Uranus
654128

56
Noel Tyl
659359

57
Molly’s Astrology
671194

58
The Mountain Astrologer
692299

59
In Harmony Astrology
701473

60
Dazzling Darkness
707562

Por maioria de razões, depois do Natal tratarei de ver o site  da
«Escola de Astrologia Nova-Lis, neste ranking.

Análise feita pelo sistema «Alexa»

Convite para participar na entrevista colectiva a Astrid Annabelle, do «Projecto Navegante do Infinito»

27 de novembro de 2010 · 68 comentários


Fica aqui o convite aos leitores do 'Cova do Urso' e aos amigos e leitores da Astrid Annabelle, para colaborarem comigo, numa entrevista colectiva a esta minha amiga e grande senhora da blogosfera.

Por favor, deixem as perguntas na caixa de comentários, para poder organizar a entrevista e prepará-la para ser publicada no dia 16 de Dezembro, às 7:30 (Portugal), 5:30 (Brasil). Deixarei uma informação na barra lateral remetendo os leitores para este post.  


Prazo para deixar a sua pergunta aqui: 12 de Dezembro.  

(ADENDA no dia 1 Dezembro: Inicialmente, estava previsto que a entrevista fosse publicada no início de Janeiro, mas depois de uma análise cuidadosa à época do ano, a Astrid e eu concordámos em adiantar a publicação para 16 de Dezembro e o encerramento das perguntas será no dia 12, em vez do dia 15, que antes estava mencionado, pois a receptividade tem sido grande e estamos muito adiantados na organização do post.)


Na entrevista propriamente dita, aparecerá o nome de todas as pessoas que lhe fizerem perguntas e, se tiverem blogues, farei um link aos mesmos.

Como minha amiga mais antiga na internet, a Astrid Annabelle, inaugurou no dia 14 Abril 2009, a secção 'Anel do Coração', criada aqui no 'Cova do Urso', destinada a entrevistar bloguistas que admiro muito. Ver aqui.

A Astrid Annabelle quase que dispensa apresentação pois é um fenómeno de unanimidade no vasto mundo da blogosfera, sobretudo nas áreas da auto-ajuda, espiritualidade e metafísica. Brilhante pensadora, de enorme coração e sensibilidade, tem ajudado imensa gente, em qualquer um dos seus três blogues.

 «Projeto Navegante do Infinito»

 

«Nasci para abrir portas e não para seguir rastros.»
Ma Jivan Prabhuta (Astrid Annabelle)


Palavras da própria: «Consultora e terapeuta em ciências metafísicas Mestre em: Reiki Usui, Karuna Reiki, Seichim-SKHM Reiki, Magnified Healing, Cura Prânica. Palestrante, professora. Realizo iniciações, cursos e vivências. Como sannyasi recebi o nome de Ma Jivan Prabhuta, que significa a "Mãe que irradia a força da vida".»


Para quem estuda astrologia:
Mapa natal da Astrid. A cumprir o seu destino.

Clicar para aumentar

.

Selo «Este blog é pura magia e encantamento!»

· 28 comentários


Receebi este lindo selo do meu querido Serginho Tavares, dono do blogue «Justo e Digno». Por vir deste ilustre e muito querido bloguista, não poderia deixar de o partilhar com os leitores e blogues amigos.

Como todos os selos, este também tem as suas regras, bem simples e mágicas por sinal:

1. Exibir o selo no blogue com o link de quem nos presenteou;
2. Postar uma imagem acompanhada de um texto de algumas linhas com o qual você se identifica profundamente e que revelem o que é magia e encantamento em sua vida. O texto pode ser de outra pessoa, desde que seja algo expressivo para você;
3. Repassar o selo para seis outros blogues «mágicos e encantadores».

Os blogues indicados são: «Eraldo e as suas paulinices», «Interview», «Susana Vitorino», «Versos de Fogo», «A human(a)idade dos porquês», «Palavras in-Comum», «Cantos de Contar Contos», «Navegante do Infinito», «Tantos Caminhos», «A Vida de uma Guerreira»,  «Maria Lua» e «Baile no Céu».


MAGIA E ENCANTAMENTO



.

Apontamentos sobre planetas retrógrados

26 de novembro de 2010 · 30 comentários


Os planetas só ficam retrógrados quando atingem uma determinada distância crítica do Sol. Essas distâncias são as seguintes: Marte - 133°; Júpiter - 116°; Saturno - 104°; Úrano - 104°; Neptuno - 101°; Plutão -101°.

Não existe distância crítica entre o Sol e Mercúrio, ou entre o Sol e Vénus. Estes dois planetas movem-se mais rápido que o Sol, pelo que às vezes parecem diminuir o seu passo ou mesmo andar para trás, à medida que aumenta a sua distância da Terra. Em consequência, nunca ultrapassam a distância de 28° e 46° do Sol, respectivamente, a despeito do seu passo inerentemente mais rápido.

A partir destes dados, é preciso observar os seguintes factos:

1 - Qualquer planeta em oposição ao Sol deve estar em movimento retrógrado.

2 - Júpiter, Saturno, Úrano, Neptuno e Plutão em trígono ou quincúncio com o Sol devem estar em movimento retrógrado. Marte em quincúncio com o Sol também deve estar em movimento retrógrado. Ocasionalmente, Júpiter em trígono com o Sol pode estar em movimento directo, mas isso não é frequente.

3 - Por causa da variação dos períodos de retrogradação dos planetas, há determinados anos em que é impossível uma pessoa nascer sem planetas retrógrados no tema natal.

4 - Quando um planeta está em movimento directo, a sua distância da Terra está a aumentar, e quando está retrógrado, a sua distância da Terra está a diminuir.

Marion D. March e Joan McEvers
in “Curso Básico de Astrologia Vol. 3 – Técnicas de Cálculo e Interpretação”
Editora Pensamento, Brasil.

=====

A propósito de planetas retrógrados, estejamos atentos ao curto período entre os dias 6 de 10 de Dezembro, em que nenhum planeta estará retrógrado. De 11 a 30 de Dezembro, Mercúrio ficará retrógrado, em Capricórnio e Sagitário, pelo que deve cuidar da sua comunicação, da forma como entende e percepciona as coisas e mensagens, podendo gerar-se equívocos de toda a ordem, mas também a gestação interna de outra ordem de acontecimentos. De 30 de Dezembro a 25 de Janeiro, o céu vai apresentar-se aliviado, sem planetas retrógrados. Aproveite ao máximo este início de ano para se reorganizar e seguir em frente. A 26 de Janeiro, como sempre, o Senhor do Tempo (Saturno) iniciará a sua longa retrogradação de vários meses. Muito carma para limpar.

Bom fim-de-semana.

.

Frida Kahlo: a arte da superação

25 de novembro de 2010 · 39 comentários

Blogagem coletiva de Glorinha de Lion, do 'Café com Bolo' -  'Minha Ideia é Meu Pincel'
Regras aqui e aqui.

 Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón
6 de Julho de 1907 - Coyoacán - México

«Pinto a mim mesma porque sou sozinha e 
porque sou o assunto que conheço melhor.»
Frida Kahlo




Em 1913, com seis anos, Frida contrai poliomielite que lhe deixa uma lesão no seu pé direito e, a partir daí, começou a usar calças e depois, longas e exóticas saias, que vieram a ser uma de suas marcas pessoais e que podem ser vistas em muitas fotografias e quadros da época, como os exemplos que deixo acima. Cores, formas, expressões, vida, arte.

Palavras,  para quê?

Para quê falar do marido, dos amantes, das amantes, das suas viagens, das doenças, do sofrimento? Isso está nos livros e na internet. E, nos seus quadros. Morreu muito nova, demasiado nova.


.

O noivado do Príncipe William e Kate Middleton

24 de novembro de 2010 · 28 comentários


Kate Midletton e o Príncipe William no dia do anúncio do noivado.

Após um longo namoro de 8 anos, estes jovens ficaram noivos e anunciaram o seu casamento para a próxima Primavera ou Verão. Muitas felicidades ao jovem par. Este, será um post muito levezinho.

Mapa do anúncio do noivado no dia 16 Novembro 2010, às 11h45, Londres 
(clicar para aumentar)

O casamento destes dois simpáticos jovens, por serem quem são, vai fazer mais pela economia inglesa do que vários planos económicos juntos. Assim como irão conseguir criar uma aura de felicidade junto do povo, talvez apenas comparável a 1981, quando Lady Di se casou. nada como um casamento real para criar logo uma euforia especial.

O dia e hora para o anúncio do noivado não poderia ter sido melhor, pois a Lua ficou entre Júpiter e Úrano e os três planetas em conjunção. Muito positivo. Plutão e o Nodo Norte no 'conto de fadas' que é a casa XII.

Ambos os jovens têm a Lua em Câncer, o que à partida é muito positivo, fazendo deles almas afins. Neste tipo de casamentos isso é importante. Quando num casal, ambos têm a Lua no mesmo signo, sentem-se confortáveis um com outro. Há a sensação que ambos pertencem ao mesmo lugar. Vulgarizando, diríamos: 'nós somos família'. Os mais fantasistas falam logo em 'almas gémeas', sem saberem do que estão a falar.

Mapa natal do Príncipe William
(clicar para aumentar)

Aquilo que chama imediatamente a atenção no mapa do Príncipe William é o Ascendente ser tocado por Neptuno. Todos sabemos que o Ascendente é o ponto mais pessoal de qualquer mapa. Estamos portanto, perante alguém com enorme sensibilidade e dotado de grande espiritualidade, com uma alma que fará com que os outros não cheguem a conhecê-lo bem. Só mesmo os mais íntimos.

Úrano em Sagitário na casa XI irá permitir-lhe que a monarquia inglesa se modernize e se ligue ainda mais ao seu povo. Após o seu casamento, veremos um William mais seguro e a preparar-se para vir a ser Príncipe de Gales e mais tarde, Rei da Inglaterra.

Nunca tinha visto o mapa de William, mas não me surpreendi com o ter percebido que o Sol e a Lua estão em conjunção. Entre muitas interpretações astrológicas, intui-se uma: a dor da morte da mãe, Lady Di.

Rapaz afortunado, tem um Júpiter soberbo, muito bem aspectado a vários planetas, o que lhe trará imenso reconhecimento e enorme dignidade nas suas funções.

Mapa natal incompleto de Kate Midletton, pois falta a hora de nascimento.
Quem souber a hora de nascimento, agradeço que informe.
(clicar para aumentar)

Recomendo a leitura dos seguintes posts no «Darkstar Astrology»
usando as estrelas fixas nas análises:

Leitura no «Astropost»


O ANEL

Lady Di e o bebé William, no Natal de 1982.


O príncipe William pediu Kate Middleton em casamento com o anel de noivado que era da mãe, Lady Di. O casal exibiu o anel de safira azul debruado de diamantes usado por Diana no seu casamento em 1981. O anel, criado pela joelharia Garrard, custou na época, 33 mil euros, em taxas de câmbio actuais.

Foi no palácio de St. James, em Londres, que William explicou: «Como vocês devem reconhecer agora, este é o anel de noivado da minha mãe. Foi a minha maneira de me certificar de que a minha mãe estava presente neste momento». O vestido de Kate no anúncio de noivado é da estilista brasileira radicada em Inglaterra, Daniella Helayel. William e Kate casam-se na primavera ou verão de 2011, em Londres. Desejo muitas felicidades.

.

Letrinhas incómodas nos comentários do Blogger

23 de novembro de 2010 · 42 comentários


Letrinhas torcidas, incómodas e desnecessárias, para a plataforma Blogger, que desde há algum tempo, possui uma eficaz filtragem para apanhar comentários Spam (ver aqui), fazendo com que estas letrinhas sejam coisa do passado, apesar de ainda usadas por milhares de blogues. Nunca usei nem as letrinhas, nem a moderação.

Confirme no Blogger a filtragem de Spam:

Entre no seu «Painel», e em «Comentários». Aí, vai encontrar 3 botões a azul que dizem: «SPAM», «ELIMINAR» e «REMOVER CONTEÚDO». Entre em «SPAM» e vai encontrar os comentários que o Blogger apanhou no seu blogue como sendo robotizados ou indevidos. Apague-os.

É um grande passo em frente para os bloguistas. Usemos esse avanço. Desactivemos a (dis)funcionalidade. das letrinhas. Sejamos modernos e facilitemos a vida dos nossos leitores.

Periodicamente, apago os Spam no 'Cova do Urso', mas deixo todos os outros, pois gosto de ter comentários no blogue, incluindo os das pessoas que discordam de mim. Isso é vida. Portanto, aquelas letrinhas torcidas e irritantes nos comentários tornaram-se obsoletas e incómodas para os leitores. Usem o bom senso e desactivem-nas do vosso blogue. Não percam comentários que dão vida aos vossos blogues.

Não têm conta, as vezes que desisti de deixar comentários por causa dessas letrinhas todas torcidas e, como vejo mal, mesmo com óculos, engano-me. Quando encontro essas barreiras, desisto de deixar o comentário e sigo em frente.

Como desactivar a obrigatoriedade de se escrever as letrinhas no seu blogue?

1 - Entra em «Painel».
2 - Clica em «Definições».
3 - Escolhe o sub-menú «Comentários».
4 - Desfila cuidadosamente com o rato até encontrar isto: «Mostrar verificação de palavras para comentários?» - Escolha «Não».
5 - Desça a té ao fim da página e clique no botão laranja que diz «Guardar Definições».

É nesta mesma página que pode alterar a «Moderação de comentários», para «Nunca», se assim o entender. Mas isto da moderação, faz parte do livre-arbítrio de cada um.

Aviso: As instruções técnicas deixadas aqui foram recolhidas no meu blogue que está em Português, de Portugal. Parece-me que os blogues brasileiros, podem ter indicações similares, mas não exactamente iguais às que indico acima. Verifiquem cuidadosamente.

.

Cova do Urso - 3º aniversário

22 de novembro de 2010 · 117 comentários

 «Cova do Urso», 22-11-2007 / 2010, Portugal.
Muito agradecido a todos os amigos e leitores.


ADENDA
Presentes dos amigos:

Ilustração do post no 'Navegante do Infinito'

A querida amiga Astrid Annabelle, do «Navegante do Infinito» fez um post de parabéns a este blogue e, como já vem sendo hábito, acompanhou com uma análise numerológica deste 3º aniversário do 'Cova do Urso'. A exemplo de anos anteriores, copiei para aqui, com muito carinho e imensa amizade, a sua análise:

Pela numerologia o Cova do Urso entra agora em uma vibração anual nove.
Vibração de conclusão, do dever cumprido.
Final de um ciclo.
Este nove vem de um trinta e seis:
22+11+2010=
33+3=36=3+6=9...36/9
A energia amorosa da alma, que é a essência do blog(6)
se expressando(3) com+paixão(9)
 

Isso tem tudo a ver com a chave nove dos Arcanos Maiores do Tarô... o Eremita.
Está imagem simboliza que foram vencidos todos os desafios e o Mago chegando agora ao alto da montanha torna-se um Mestre e de lá então ilumina a humanidade.


Assim dizem Faith Javane e Dusty Bunker a respeito do Arcano Maior IX:

 “O Eremita é o símbolo da sabedoria eterna, em pé, na montanha da realização. Ele conseguiu. A neve representa o isolamento em que se encontra, pois sua sabedoria o separa dos outros. Todavia, ao se voltar e segurar sua luz na direção daqueles que o seguem, deixa claro que o nosso conhecimento é vazio e destituído de significado, a não ser que nos voltemos e o passemos para os outros. Ao longo do caminho, o Eremita avaliou, selecionou os elementos necessários e rejeitando os desnecessários. Aprendeu a usar o bastão Mágico, no qual agora se apóia, pois sabe que pode depender do mesmo para ajudá-lo. Atingiu a Maestria!”
 

[Texto daqui, no 'Navegante do Infinito'] 



 Bolo especial oferecido pela Astrid.



*******

Muito obrigado, Astrid.

.

Parabéns, Ana Cristina

20 de novembro de 2010 · 20 comentários


Parabéns, Ana Cristina pelo seu aniversário, hoje, 20 Novembro.

Seu blogue - «Astrologicamente»



.

.

Dia do Homem 2010

19 de novembro de 2010 · 11 comentários

Informações sobre «O Dia do Homem», aqui e aqui
Proposta da Discover Channel para este dia:
Vídeos - «O Dia do Homem»



Cosmovisão espiritualista

18 de novembro de 2010 · 33 comentários


O homem primitivo, intimamente ligado à natureza que o rodeava, expressava de forma espontânea e verdadeira a sua espiritualidade. Através do seu instinto e intuição, sentia a existência do transcendental, sentimento este que pulsava, de forma nítida, na essência energética daqueles seres simples, ainda vazios de conhecimentos, porém plenos de autenticidade.

À medida que a civilização humana começou a galgar novos degraus da escala do progresso, deixando cada vez mais de ser instintiva e intuitiva, passou a reprimir para os porões do inconsciente as percepções inatas e verdadeiras. Deixando para trás a infância histórica, passou pela física moderna, abriu as portas para a percepção da existência do mundo espiritual.

A humanidade já não se satisfaz com os preceitos rígidos das religiões dominantes. O homem é um ser que indaga e quer saber, afinal, quem é, de onde vem e para onde vai.

A dissociação existente entre ciência e religião, verdadeiro abismo criado pelos homens, levou os indivíduos a terem uma visão fragmentada da vida. Os conselhos religiosos, tão úteis em épocas remotas, hoje tornaram-se bastantes desfasados em relação à evolução contemporânea. As orientações dos religiosos foram sendo substituídas pelos científicos: médicos, psicólogos, pedagogos, etc. Na verdade, também estes estão em processo evolutivo. Não são deuses.

O que frequentemente observamos é a influência de respostas às ansiedades íntimas do indivíduo ou da própria sociedade. O que lhes falta? Por que profissionais extremamente capacitados, sérios e estudiosos se sentem limitados para compreender o sofrimento humano?

Por que pessoas justas às vezes sofrem tanto, e outros, egoístas, que se comprazem no sofrimento do próximo, prosperam tanto? Há quem viva semanas, meses ou poucos anos, enquanto outros vivem quase um século! Por quê? Por que para uns, a felicidade constante, e para outros a miséria e o sofrimento inevitável? Por que alguns seriam premiados pelo acaso, com as mais terríveis malformações congénitas? Por que certas tendências inatas são tão contrastantes com o meio onde surgem? De onde vêm?

Não há como responder a estas questões, conciliando com a crença tradicional, numa Lei Universal justa e sábia, se considerarmos uma vida única para cada criatura.

O ateísmo e o materialismo são consequências inevitáveis da rejeição às crenças tradicionais, surgindo, naturalmente, pela recusa inteligente a uma fé cega num Ser que, aparentemente, preside aos factos da vida sem qualquer critério de sabedoria, amor e justiça.

A cosmovisão espiritualista, alicerçada no conhecimento das vidas sucessivas, onde residem as causas mais profundas dos nossos problemas actuais traz-nos respostas coerentes. O conceito de “reencarnação” propicia uma ampla lente através da qual poderemos enxergar a problemática da vida.

As aparentes desigualdades, vivenciadas momentaneamente pelas criaturas, têm justificativa nos graus diferentes de evolução em que se encontra no momento. Além disso, sabe-se, pelas leis da reencarnação, que cabe a todas as criaturas um único destino: a felicidade.

A evolução inexorável é feita pelas experiências constantes e a aprendizagem decorrente. Os actos da criatura ocasionam uma sequência de causas e efeitos que determinam as necessidades da reencarnação, a si própria, em tal meio ou situação. Há colheita obrigatória, decorrente de livre semeadura, e sempre novas oportunidades de semear.

Cada ser leva para a vida espiritual a sementeira do passado, trazendo-a consigo, ao nível celular e do inconsciente, ao renascer. Se uma existência não for suficiente para corrigir determinadas distorções, diversas serão necessárias para resolver uma determinada tendência, é a longa caminhada da vida.

Os nossos actos do dia-a-dia, por sua vez, são também novos elementos que se juntam ao nosso património energético, pois os arquivos que criamos são sempre ao nível de campos de energia, influenciando intensamente, atenuando ou agravando as desarmonias energéticas estabelecidas pelas vivências anteriores.

A teia do nosso destino, portanto, não é exclusivamente determinada pelo nosso passado. O livre arbítrio que possuímos também tece os finos fios desta teia, a cada momento, num dinamismo sempre renovado.

A diversidade infinita das aptidões, ao nível das faculdades e dos caracteres, tem fácil compreensão. Nem todos os espíritos que reencarnam têm a mesma idade, milhares de anos ou séculos pode haver na diferença de idade entre dois seres humanos. Além disto, alguns galgam velozmente os degraus da escada do progresso, enquanto outros sobem lenta e preguiçosamente.

A todos será dada a oportunidade do progresso pelos retornos sucessivos. Necessitamos passar pelas mais diversas experiências, aprendendo a obedecer para sabermos mandar; sentir as dificuldades da pobreza para sabermos usar a riqueza. Repetir muitas vezes para absorver novos valores e conhecimento. Desenvolver a paciência, a disciplina e o desapego aos valores materiais.

São necessárias existências de estudo, de sacrifício, para crescermos em ética e conhecimento. Voltamos ao mesmo meio, frequentemente ao mesmo núcleo familiar, para reparar os nossos erros com o exercício do amor. Deus, portanto, não castiga nem dá prémios; é a própria Lei da Harmonia que preside à ordem das coisas.

Agirmos de acordo com a natureza, no sentido da harmonia, é prepararmos a nossa elevação, a nossa felicidade. Fazendo-nos conhecer os efeitos da lei da responsabilidade, demonstrando que os nossos actos recaem sobre nós mesmos, estaremos a permitir o desenvolvimento da ordem, da justiça e da solidariedade social tão almejada por todos.

Repito-me de outros textos: é para entender tudo isto que estudo astrologia. E para entender outras coisas.

Bom fim-de-semana.
.

Edgar Degas, «Les Danseuses Bleues»

· 49 comentários

Blogagem coletiva de Glorinha de Lion, do 'Café com Bolo' -  'Minha Ideia é Meu Pincel'
Regras aqui e aqui.

A arte é movimento. A vida é movimento.
É uma dança.
 





.

Cimeira da NATO, em Lisboa

16 de novembro de 2010 · 22 comentários

'Parque das Nações', em Lisboa, onde vai decorrer a Cimeira da NATO.

Conhecida por Parque das Nações, esta zona de alto padrão de vida de Lisboa, conta com 20.000 residentes, outros tantos que trabalham neste perímetro e, habitualmente, várias vezes mais de visitantes, pois é a confluência de um enorme nó de transportes (Gare do Oriente) públicos (metro, comboios, autocarros). No próprio perímetro (foto abaixo) existe um dos maiores centros comerciais do país (o 'Vasco Gama') e o Pavilhão Atlântico, uma das maiores salas de espectáculos da Europa. Inúmeros restaurantes, bares e uma agitada movimentação, sobretudo por parte dos jovens.

Zona de Lisboa sob interdição devido à Cimeira da NATO, nos dias 19 e 20 Novembro.
Uma semana inteira em que a vida 'parou', por causa das medidas de segurança.

Na movimentação de uma cimeira como a NATO, que traz os 28 presidentes e primeiros-ministros do Atlântico Norte, além de vários países convidados e  organizações internacionais, estão envolvidos, até ao momento, mais de 10.000 pessoas na organização e segurança da cimeira para receberem em Lisboa, o Presidente  Barack Obama e os seus colegas, na manhã de sexta-feira. 

Lisboa, simplesmente, vai parar, nesses dois dias. Só retomará a sua vida normal no domingo, dia 21, à tarde.

Astrologia

Olha-se para o mapa do dia, em Portugal e percebe-se que em astrologia, as coisas batem sempre certas. O Saturno (governo, responsabilidade) de Portugal recebe uma conjunção de Júpiter em trânsito. Aqui, Júpiter representa a 'Lei'. Aceitamos todos que a Nato é a Lei do oceano Atlântico?

O mesmo Saturno recebe a conjunção de Úrano, representando a modernidade, a diferença, as coisas novas. É de prever que saiam soluções muito importantes desta cimeira, sobretudo o que estiver ligado ao Afeganistão.

Quem vive em Portugal e acompanha as notícias, sabe que a Polícia portuguesa, adquiriu equipamento ultra sofisticado de segurança no valor e 5 milhões de euros. Isto diz respeito a Úrano, certo? Aquele perímetro onde se desenrolará a cimeira, fica absolutamente protegido de invasão electrónica.

Programa da cimeira, aqui.
Vídeo.
E, porque vivemos em democracia: 'Paz sim! NATO não!'

UM UPGRADE DA CIMEIRA COM FOTOGRAFIAS


 Secretário Geral da Nato, a esposa, e o Min. Negócio Estrangeiros de Portugal.


  Secretário Geral da Nato a apresentar o documento estratégico.

 Reunião privada da Nato com Cabul, Afeganistão.




 Reunião privada entre a NATO e o Presidente Obama.


O presidente dos Estado Unidos terminou a Cimeira da NATO a classificar a Rússia «como um parceiro e não como um adversário» e a referir-se ao presidente russo como o seu «amigo Medvedev».

«Vemos a Rússia como um parceiro e não como um adversário», declarou Barack Obama na conferência de imprensa que marcou o fim da cimeira da Aliança Atlântica, no Parque das Nações, em Lisboa.

«Neste momento, não há nenhum mecanismo para verificar o que se passa na Rússia [ao nível do armamento nuclear]. (...) Há que confiar nas intenções russas. Acredito que o presidente Medvedev tem as melhores intenções, está no bom caminho, e não podemos deixar um parceiro pendurado», sustentou o chefe de Estado, apelando à redução do arsenal nuclear e também ao congresso norte-americano, agora de maioria republicana, que se opõe à ratificação do novo tratado START, que estipula o limite a 1500 ogivas nucleares em cada país.

O líder norte-americano fez saber que o próximo encontro da organização será nos EUA, em 2012 e elogiou a organização portuguesa: «Portugal colocou a fasquia muito alta, tomei notas e vamos tentar estar ao mesmo nível e com a mesma hospitalidade». In a Bola

Medvedev, da Rússia, na comunicação final.


.

29 de novembro de 2010

Não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior


Comemorando o 3º ano de publicação deste artigo, 
Vou apenas efectuar uma pequena correcção ao texto,
actualizando-o nos tempos verbais,
pois como estou reformado, já não sou editor de livros esotéricos.

Na minha qualidade de antigo editor de livros esotéricos [agora na reforma] era frequente receber telefonemas, quer de clientes para comprarem livros, quer de potenciais autores que pretendem publicar os seus manuscritos.

Portanto, é frequente eu ouvir expressões como esta: 'é do Bem', 'só quero livros do Bem', 'o meu livro é do Bem', etc. Também estou habituado a ler na internet expressões similares. Ninguém se assume do 'Mal'. Os terapeutas e gurus menos que ninguém, e os que não sendo uma coisa ou outra, mas escrevem livros desta área, também.

Mas também ninguém se mostra compreensivo com o espectro oposto do 'Bem'. Estamos todos tão 'iluminadozinhos' que nem nos apercebemos que o nosso ego (o espiritual) já está formatado para estas questões. 'Eu sou terapeuta do Bem'. 'Faço terapias do Bem'. Haveria muito a dizer sobre isto. E não seriam coisas simpáticas. Fica para uma próxima inspiração.

É um número avultado de pessoas a fazerem afirmações similares. Na qualidade de estudante de astrologia, também já assisti muitas vezes a equívocos destes. Eu próprio, recordo-me de ter caído na armadilha, mais do que uma vez. Tive que passar pela dores intensas de Plutão para viver na carne estas questões. E, mesmo assim... meto-me em cada 'calinada'.

Outro grupo de pessoas, cada vez mais numeroso, incluindo terapeutas e guruzinhos  fazem afirmações opostas: 'Isto é do Mal'. 'São obsessores'. 'São espíritos malignos'. 'É bruxaria do Mal'. Aqui, faria um longo, muito longo etc. e teria muito que dizer, mas acredito que eles nem se dão conta do que dizem. Têm muito que crescer ainda, enquanto terapeutas. Graças a Deus! O caso é que cobram para dizerem disparates.

Não pensem que o espectro negativo [o 'Mal'] desaparece só porque lêem muitas canalizações e emails bonitinhos. Se estas leituras não forem acompanhadas com verdadeiros pensamentos positivos, sem julgamentos, de aceitação, de propósito superior, de ausência de vaidade e arrogância, se se amarem, aí, sim, iniciarão um caminho estreito que os conduzirá à Luz. Também ando à procura desses caminhos há muitos, muitos anos. Já passei por todas as correntes espiritualistas que possam imaginar. Tenho idade para isso, não é? Continuemos...

É aqui que fica o primeiro aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores,  terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.

Assim se criou uma egrégora de fuga ao 'Mal' e uma aproximação ao 'Bem'. Até aqui, nada a dizer, se isto fosse feito em consciência própria de modo a assumirmos que todos temos o nosso lado 'Sombra'. Semi-cerrando os olhos e vendo um vasto horizonte, percebe-se que mesmo os terapeutas, que já têm o ego espiritual super controlado, caiem no equívoco de 'julgarem', de 'não aceitarem' a realidade deste planeta e da humanidade que cá vive. Portanto, não curam, quando o seu verdadeiro propósito deveria ser curar. Lamento dizer isto.


É frequente esquecermo-nos que a nossa Sombra ('Mal') existe e está ao lado da nossa Luz ('Bem'). Não assumirmos isto, é praticarmos uma espiritualidade lindinha. É fugirmos de nós mesmos, desta nossa reencarnação, em um planeta de polaridades opostas, para fazermos a nossa aprendizagem. Somos um planeta da dualidade. E vivemos nele, por enquanto.

Neste sentido, a nível de terceira dimensão, é correcto dizermos que existe um espectro electromagnético que contém, um campo positivo e outro negativo. Isto, aprendemos na escola, não tem nada de espiritualidade misteriosa.

Temos que aceitar o seguinte: este tema do 'Bem' e do 'Mal' é muito complexo e está eivado de enormes preconceitos. O 'Mal' está conotado com as energias negativas, à bruxaria, às incorporações de entidades não luminosas, às mezinhas e rezas, aos exorcismos, às possessões, demónios, diabo, anjos do mal, inferno, etc.

A certa altura da Era de Carneiro/Áries - uns 3.000 a 3.500 anos atrás -, por questões de controlo e comando, a ideia do 'Mal' começou a instalar-se na psique colectiva da humanidade de então, que tem trazido até hoje essa questão. Estamos a falar de 'dominar através do medo do desconhecido'. Assim, surgiram as normas do Antigo Testamento, facilmente reentradas no Novo Testamento, com as igrejas dominantes a forçarem a nota do 'pecado', coisa do 'Mal'.

Portanto, estas questões estão profundamente instaladas nas nossas formas-pensamento. O que são formas-pensamento? Em síntese, são blocos energéticos invisíveis, criados pelos nossos próprios pensamentos. Se penso ou me metem na cabeça que tenho um obsessor, ele vai aparecer. Se me convenço ou me fazem convencer que estou a ser atacado pelo 'Mal', garanto-vos que esse espectro vai por-se em andamento e consumir-me. Por medo meu.

E aquilo que pensamos serem forças do 'Mal' não passam de energia eléctrica produzida por nós e atraída até nós, por nós mesmos. Falando num português mais corrente: se pensas que estás possuído pelo demónio, ele vem, pois esteve sempre em ti e, na realidade é a tua própria Sombra, que faz parte de ti.



Se o teu terapeuta fomenta isso e faz disso um 'grande caso', e te diz que as entidades estão a dar cabo de ti, duvida que assim seja. Faz por amar-te muito e afasta-te dessa energia perigosa.  Aceita ajuda desinteressada. Se, pelo contrário, o teu terapeuta ou guru estiver atento a alguma possível disfunção da tua aura (teu campo protector electromagnético - ver figura acima) e se propuser a ajudar a restaurar essa energia, então acredita nele.

Eu sei que te coloquei uma dúvida na tua cabeça, que é esta: «e como sei que o meu terapeuta está a cuidar mim ou a alarmar-me?». A resposta é simples: escuta a tua voz interior, que nunca se engana. Já te tinha avisado, mais acima.

O que diferencia o 'Mal' do 'Bem' é que este faz sentires-te bem e cómodo contigo mesmo. Como são espectros opostos, provocam sensações também opostas. As energias negativas proporcionam sensações bem diferentes das energias positivas. E tu, ainda bem que preferes estar na energia positiva, o lado mais luminoso da vida. Mas em resumo, estas energias não são nem demoníacas (negativas), nem celestiais (positivas).  São apenas 'campos eléctricos' da terceira dimensão. Simplesmente fazem parte de ti. Se os teus pensamentos recorrentes forem positivos, serão sempre encaminhados para a forma-pensamento positiva. São aquilo que chamas de 'campos electromagnéticos'. Informa-te mais sobre estes assuntos e foge dos anúncios (em papel ou na net) daqueles que afirmam que te tiram o 'Mal'

Não gastes o teu dinheiro neste tipo de consultas. Aprende a fazer meditação, aprende tudo sobre aura, mantém-na energeticamente limpa e cuida dos teus próprios pensamentos. Não atraias raios e coriscos para ti próprio.
Estejam tranquilos pois não vou desenvolver sobre os principais agentes provocadores destas situações: dos exorcismos das igrejas; de certas práticas espíritas muito dominadoras; do ambiente pesado em certos terreiros; de certos consultórios cheios de santinhos ou de mestres ascencionados; nem na necessidade de fazerem rituais por tudo em por nada, sem terem consciência de que atraem para essa prática. No contínuo chamamento de entidades desencarnadas, o que não é bom, pois ao fazermos chamamentos, atraímos  tudo. As entidades mais luminosas e as outras, que ainda estão em fase evolutiva a caminho da Luz. E, ninguém pode garantir nada. Nada de nada. Espero que assim, ninguém se zangue.

Podes aprender muito com os outros [gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos], e isso deve ressoar em ti… Mas o conhecimento mais profundo deve sempre vir de dentro de ti mesmo.

Aquilo que chamas de “Mal” não existe verdadeiramente acima dos níveis da dualidade, que tem um projecto importante, um propósito verdadeiro neste contexto. É causa e efeito, e estes são os grandes professores da nossa vida tridimensional. Aqui, entraríamos num longo debate, que não é o caso deste artigo. Conheces isto da causa e efeito por outro nome: Karma ou efeitos cármico e, já agora, o lado oposto, o Dharma.

Procura informar-te mais sobre «aura», pois é aí que reside  a tua defesa psíquica. Do ponto de vista mais elevado, sabe-se que não há possessões, mas sim campos áuricos desalinhados, que são invadidos pela energia de polaridade negativa. Quanto maior for o desalinho da tua aura e dos teus chacras, mais vai parecer um possessão demoníaca ou de entidades. Não existe isso, mas a tua psique sabe imitar muito bem estas situações. Existem, sim, realidades mentais e tridimensionais que conduzem a que se «veja» isso. Como campos electromagnéticos que são, movimentam-se a velocidades impressionantes, podendo afectar o estado físico de uma pessoa e o resto é feito pela nossa psique, pois sabe-se que ainda não está totalmente estudada e descodificada, por muito que desagrade aos psicólogos.

Tem cuidado com as curas inadequadas, abusivas, pois o que provocam é maior dano no teu campo áurico. Os verdadeiros terapeutas deveriam ensinar estas cosias aos seus clientes, sem os enganar com frases que metem medo, partindo logo para possessões demoníacas, obsessores e entidades sugadoras. Os terapeutas deveriam saber cuidar das pessoas. Há terapeutas talentosos que o fazem. Conheço alguns, mas também conheço outros, muito famosos, que nada fazem e só metem medo aos seus clientes. Tudo a troco de dinheiro.


«Nós próprios distorcemos as nossas auras com intenções auto-induzidas, como medo, auto-negação, auto-depreciação, ciúme, depressão, ansiedade, raiva e qualquer tipo de projecção negativa que cause curto-circuito no campo áurico, rompendo-o e abrindo-o para o escoamento de energia.» - In Arcanjo Metatron, canalizado por James Tyberonn, em Novembro de 201o, aqui.

Terminando com um exemplo extremo:

Qual é a nossa aprendizagem mais dura e que até pode ser considerada uma terapia? Uma terapia extrema, mas, em todo o caso, terapia. Pensamentos de raiva, ódio, vingança. Porque através da causa e efeito, a própria infelicidade que trazem à criatura é tão violenta, que in extremis, buscará uma solução para sair dessa forma duríssima de viver. É uma aprendizagem e uma terapia. Não recomendo, mas é.

É aqui que repito o aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.



Tenho consciência que haverá pessoas que não vão aceitar este artigo. Paciência.


.

O 'Cova do Urso' no ranking do «Best Astrology Sites», em Dezembro


O 'Cova do Urso' esta na lista nos Top 60 do 'Best Astrology Sites'
Eu teria preferido estar na lista dos blogues e não dos sites.
Para esse lugar, estaria melhor a «Escola de Astrologia Nova-Lis». 

De qualquer forma,
MUITO AGRADECIDO AO

Best Astrology Sites 

http://bestastrologysites.com/

Top Ranked Astrology Sites & Blog
This December 2010 Astrology update lists the top 60 astrology sites based on Alexa rankings.
  Rank
  Astrology Site
Score







01
Astrodienst
4284

02
Astrology.com
5362

03
Jonathan Cainer
9795

04
Astrology Zone
10524

05
Ganesha Speaks
12553

06
Astro Center
17887

07
Cafe Astrology
18503

08
Russell Grant
42877

09
Astrology on the Web
53164

10
Astroyogi
54048

11
AstroVed
57363

12
Astrology Weekly
58447

13
Astrotheme
72179

14
Free Will Astrology
73191

15
Free Horoscopes Astrology
75771

16
Scientific Astrology
86530

17
Moonology
90444

18
Darkstar Astrology
115335

19
StarIQ
130188

20
Sasstrology
142390

21
Truth Star
147096

22
The Astrology Room
158135

23
Elsa Elsa
158921

24
Linda Goodman
161645

25
Terry Nazon
183363

26
Shelley Von Strunckel
191732

27
Michael Lutin
204832

28
Skyscript
207726

29
Libra Rising
219859

30
Dr. Prem Kumar Sharma
219913

31
Bob Marks Astrologer
226710

32
Ed Tamplin
234478

33
Future Point
238223

34
Big Sky Astrology
252087

35
Mystic Medusa
261312

36
The Merriman Market Analyst
262812

37
Aquarius Papers
287143

38
Planet Waves
295797

39
Astro Valley
350574

40
Astro Dispatch
370574

41
Access: New Age
377247

42
Cova do Urso
419812

43
Evolving Door
431475

44
Clickastro
432710

45
Constellations of Words
440153

46
Daykeeper Journal
467765

47
Vedic Astrology Center
484699

48
Renaissance Astrology
503866

49
Cosmic World
516206

50
Sky Writer
547496

51
Astroguru India
570866

52
AstroFix
577413

53
Jessica Adams
584128

54
Indian Astrology Horoscope
642406

55
Jupiter Meets Uranus
654128

56
Noel Tyl
659359

57
Molly’s Astrology
671194

58
The Mountain Astrologer
692299

59
In Harmony Astrology
701473

60
Dazzling Darkness
707562

Por maioria de razões, depois do Natal tratarei de ver o site  da
«Escola de Astrologia Nova-Lis, neste ranking.

Análise feita pelo sistema «Alexa»

27 de novembro de 2010

Convite para participar na entrevista colectiva a Astrid Annabelle, do «Projecto Navegante do Infinito»


Fica aqui o convite aos leitores do 'Cova do Urso' e aos amigos e leitores da Astrid Annabelle, para colaborarem comigo, numa entrevista colectiva a esta minha amiga e grande senhora da blogosfera.

Por favor, deixem as perguntas na caixa de comentários, para poder organizar a entrevista e prepará-la para ser publicada no dia 16 de Dezembro, às 7:30 (Portugal), 5:30 (Brasil). Deixarei uma informação na barra lateral remetendo os leitores para este post.  


Prazo para deixar a sua pergunta aqui: 12 de Dezembro.  

(ADENDA no dia 1 Dezembro: Inicialmente, estava previsto que a entrevista fosse publicada no início de Janeiro, mas depois de uma análise cuidadosa à época do ano, a Astrid e eu concordámos em adiantar a publicação para 16 de Dezembro e o encerramento das perguntas será no dia 12, em vez do dia 15, que antes estava mencionado, pois a receptividade tem sido grande e estamos muito adiantados na organização do post.)


Na entrevista propriamente dita, aparecerá o nome de todas as pessoas que lhe fizerem perguntas e, se tiverem blogues, farei um link aos mesmos.

Como minha amiga mais antiga na internet, a Astrid Annabelle, inaugurou no dia 14 Abril 2009, a secção 'Anel do Coração', criada aqui no 'Cova do Urso', destinada a entrevistar bloguistas que admiro muito. Ver aqui.

A Astrid Annabelle quase que dispensa apresentação pois é um fenómeno de unanimidade no vasto mundo da blogosfera, sobretudo nas áreas da auto-ajuda, espiritualidade e metafísica. Brilhante pensadora, de enorme coração e sensibilidade, tem ajudado imensa gente, em qualquer um dos seus três blogues.

 «Projeto Navegante do Infinito»

 

«Nasci para abrir portas e não para seguir rastros.»
Ma Jivan Prabhuta (Astrid Annabelle)


Palavras da própria: «Consultora e terapeuta em ciências metafísicas Mestre em: Reiki Usui, Karuna Reiki, Seichim-SKHM Reiki, Magnified Healing, Cura Prânica. Palestrante, professora. Realizo iniciações, cursos e vivências. Como sannyasi recebi o nome de Ma Jivan Prabhuta, que significa a "Mãe que irradia a força da vida".»


Para quem estuda astrologia:
Mapa natal da Astrid. A cumprir o seu destino.

Clicar para aumentar

.

Selo «Este blog é pura magia e encantamento!»


Receebi este lindo selo do meu querido Serginho Tavares, dono do blogue «Justo e Digno». Por vir deste ilustre e muito querido bloguista, não poderia deixar de o partilhar com os leitores e blogues amigos.

Como todos os selos, este também tem as suas regras, bem simples e mágicas por sinal:

1. Exibir o selo no blogue com o link de quem nos presenteou;
2. Postar uma imagem acompanhada de um texto de algumas linhas com o qual você se identifica profundamente e que revelem o que é magia e encantamento em sua vida. O texto pode ser de outra pessoa, desde que seja algo expressivo para você;
3. Repassar o selo para seis outros blogues «mágicos e encantadores».

Os blogues indicados são: «Eraldo e as suas paulinices», «Interview», «Susana Vitorino», «Versos de Fogo», «A human(a)idade dos porquês», «Palavras in-Comum», «Cantos de Contar Contos», «Navegante do Infinito», «Tantos Caminhos», «A Vida de uma Guerreira»,  «Maria Lua» e «Baile no Céu».


MAGIA E ENCANTAMENTO



.

26 de novembro de 2010

Apontamentos sobre planetas retrógrados


Os planetas só ficam retrógrados quando atingem uma determinada distância crítica do Sol. Essas distâncias são as seguintes: Marte - 133°; Júpiter - 116°; Saturno - 104°; Úrano - 104°; Neptuno - 101°; Plutão -101°.

Não existe distância crítica entre o Sol e Mercúrio, ou entre o Sol e Vénus. Estes dois planetas movem-se mais rápido que o Sol, pelo que às vezes parecem diminuir o seu passo ou mesmo andar para trás, à medida que aumenta a sua distância da Terra. Em consequência, nunca ultrapassam a distância de 28° e 46° do Sol, respectivamente, a despeito do seu passo inerentemente mais rápido.

A partir destes dados, é preciso observar os seguintes factos:

1 - Qualquer planeta em oposição ao Sol deve estar em movimento retrógrado.

2 - Júpiter, Saturno, Úrano, Neptuno e Plutão em trígono ou quincúncio com o Sol devem estar em movimento retrógrado. Marte em quincúncio com o Sol também deve estar em movimento retrógrado. Ocasionalmente, Júpiter em trígono com o Sol pode estar em movimento directo, mas isso não é frequente.

3 - Por causa da variação dos períodos de retrogradação dos planetas, há determinados anos em que é impossível uma pessoa nascer sem planetas retrógrados no tema natal.

4 - Quando um planeta está em movimento directo, a sua distância da Terra está a aumentar, e quando está retrógrado, a sua distância da Terra está a diminuir.

Marion D. March e Joan McEvers
in “Curso Básico de Astrologia Vol. 3 – Técnicas de Cálculo e Interpretação”
Editora Pensamento, Brasil.

=====

A propósito de planetas retrógrados, estejamos atentos ao curto período entre os dias 6 de 10 de Dezembro, em que nenhum planeta estará retrógrado. De 11 a 30 de Dezembro, Mercúrio ficará retrógrado, em Capricórnio e Sagitário, pelo que deve cuidar da sua comunicação, da forma como entende e percepciona as coisas e mensagens, podendo gerar-se equívocos de toda a ordem, mas também a gestação interna de outra ordem de acontecimentos. De 30 de Dezembro a 25 de Janeiro, o céu vai apresentar-se aliviado, sem planetas retrógrados. Aproveite ao máximo este início de ano para se reorganizar e seguir em frente. A 26 de Janeiro, como sempre, o Senhor do Tempo (Saturno) iniciará a sua longa retrogradação de vários meses. Muito carma para limpar.

Bom fim-de-semana.

.

25 de novembro de 2010

Frida Kahlo: a arte da superação

Blogagem coletiva de Glorinha de Lion, do 'Café com Bolo' -  'Minha Ideia é Meu Pincel'
Regras aqui e aqui.

 Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón
6 de Julho de 1907 - Coyoacán - México

«Pinto a mim mesma porque sou sozinha e 
porque sou o assunto que conheço melhor.»
Frida Kahlo




Em 1913, com seis anos, Frida contrai poliomielite que lhe deixa uma lesão no seu pé direito e, a partir daí, começou a usar calças e depois, longas e exóticas saias, que vieram a ser uma de suas marcas pessoais e que podem ser vistas em muitas fotografias e quadros da época, como os exemplos que deixo acima. Cores, formas, expressões, vida, arte.

Palavras,  para quê?

Para quê falar do marido, dos amantes, das amantes, das suas viagens, das doenças, do sofrimento? Isso está nos livros e na internet. E, nos seus quadros. Morreu muito nova, demasiado nova.


.

24 de novembro de 2010

O noivado do Príncipe William e Kate Middleton


Kate Midletton e o Príncipe William no dia do anúncio do noivado.

Após um longo namoro de 8 anos, estes jovens ficaram noivos e anunciaram o seu casamento para a próxima Primavera ou Verão. Muitas felicidades ao jovem par. Este, será um post muito levezinho.

Mapa do anúncio do noivado no dia 16 Novembro 2010, às 11h45, Londres 
(clicar para aumentar)

O casamento destes dois simpáticos jovens, por serem quem são, vai fazer mais pela economia inglesa do que vários planos económicos juntos. Assim como irão conseguir criar uma aura de felicidade junto do povo, talvez apenas comparável a 1981, quando Lady Di se casou. nada como um casamento real para criar logo uma euforia especial.

O dia e hora para o anúncio do noivado não poderia ter sido melhor, pois a Lua ficou entre Júpiter e Úrano e os três planetas em conjunção. Muito positivo. Plutão e o Nodo Norte no 'conto de fadas' que é a casa XII.

Ambos os jovens têm a Lua em Câncer, o que à partida é muito positivo, fazendo deles almas afins. Neste tipo de casamentos isso é importante. Quando num casal, ambos têm a Lua no mesmo signo, sentem-se confortáveis um com outro. Há a sensação que ambos pertencem ao mesmo lugar. Vulgarizando, diríamos: 'nós somos família'. Os mais fantasistas falam logo em 'almas gémeas', sem saberem do que estão a falar.

Mapa natal do Príncipe William
(clicar para aumentar)

Aquilo que chama imediatamente a atenção no mapa do Príncipe William é o Ascendente ser tocado por Neptuno. Todos sabemos que o Ascendente é o ponto mais pessoal de qualquer mapa. Estamos portanto, perante alguém com enorme sensibilidade e dotado de grande espiritualidade, com uma alma que fará com que os outros não cheguem a conhecê-lo bem. Só mesmo os mais íntimos.

Úrano em Sagitário na casa XI irá permitir-lhe que a monarquia inglesa se modernize e se ligue ainda mais ao seu povo. Após o seu casamento, veremos um William mais seguro e a preparar-se para vir a ser Príncipe de Gales e mais tarde, Rei da Inglaterra.

Nunca tinha visto o mapa de William, mas não me surpreendi com o ter percebido que o Sol e a Lua estão em conjunção. Entre muitas interpretações astrológicas, intui-se uma: a dor da morte da mãe, Lady Di.

Rapaz afortunado, tem um Júpiter soberbo, muito bem aspectado a vários planetas, o que lhe trará imenso reconhecimento e enorme dignidade nas suas funções.

Mapa natal incompleto de Kate Midletton, pois falta a hora de nascimento.
Quem souber a hora de nascimento, agradeço que informe.
(clicar para aumentar)

Recomendo a leitura dos seguintes posts no «Darkstar Astrology»
usando as estrelas fixas nas análises:

Leitura no «Astropost»


O ANEL

Lady Di e o bebé William, no Natal de 1982.


O príncipe William pediu Kate Middleton em casamento com o anel de noivado que era da mãe, Lady Di. O casal exibiu o anel de safira azul debruado de diamantes usado por Diana no seu casamento em 1981. O anel, criado pela joelharia Garrard, custou na época, 33 mil euros, em taxas de câmbio actuais.

Foi no palácio de St. James, em Londres, que William explicou: «Como vocês devem reconhecer agora, este é o anel de noivado da minha mãe. Foi a minha maneira de me certificar de que a minha mãe estava presente neste momento». O vestido de Kate no anúncio de noivado é da estilista brasileira radicada em Inglaterra, Daniella Helayel. William e Kate casam-se na primavera ou verão de 2011, em Londres. Desejo muitas felicidades.

.

23 de novembro de 2010

Letrinhas incómodas nos comentários do Blogger


Letrinhas torcidas, incómodas e desnecessárias, para a plataforma Blogger, que desde há algum tempo, possui uma eficaz filtragem para apanhar comentários Spam (ver aqui), fazendo com que estas letrinhas sejam coisa do passado, apesar de ainda usadas por milhares de blogues. Nunca usei nem as letrinhas, nem a moderação.

Confirme no Blogger a filtragem de Spam:

Entre no seu «Painel», e em «Comentários». Aí, vai encontrar 3 botões a azul que dizem: «SPAM», «ELIMINAR» e «REMOVER CONTEÚDO». Entre em «SPAM» e vai encontrar os comentários que o Blogger apanhou no seu blogue como sendo robotizados ou indevidos. Apague-os.

É um grande passo em frente para os bloguistas. Usemos esse avanço. Desactivemos a (dis)funcionalidade. das letrinhas. Sejamos modernos e facilitemos a vida dos nossos leitores.

Periodicamente, apago os Spam no 'Cova do Urso', mas deixo todos os outros, pois gosto de ter comentários no blogue, incluindo os das pessoas que discordam de mim. Isso é vida. Portanto, aquelas letrinhas torcidas e irritantes nos comentários tornaram-se obsoletas e incómodas para os leitores. Usem o bom senso e desactivem-nas do vosso blogue. Não percam comentários que dão vida aos vossos blogues.

Não têm conta, as vezes que desisti de deixar comentários por causa dessas letrinhas todas torcidas e, como vejo mal, mesmo com óculos, engano-me. Quando encontro essas barreiras, desisto de deixar o comentário e sigo em frente.

Como desactivar a obrigatoriedade de se escrever as letrinhas no seu blogue?

1 - Entra em «Painel».
2 - Clica em «Definições».
3 - Escolhe o sub-menú «Comentários».
4 - Desfila cuidadosamente com o rato até encontrar isto: «Mostrar verificação de palavras para comentários?» - Escolha «Não».
5 - Desça a té ao fim da página e clique no botão laranja que diz «Guardar Definições».

É nesta mesma página que pode alterar a «Moderação de comentários», para «Nunca», se assim o entender. Mas isto da moderação, faz parte do livre-arbítrio de cada um.

Aviso: As instruções técnicas deixadas aqui foram recolhidas no meu blogue que está em Português, de Portugal. Parece-me que os blogues brasileiros, podem ter indicações similares, mas não exactamente iguais às que indico acima. Verifiquem cuidadosamente.

.

22 de novembro de 2010

Cova do Urso - 3º aniversário

 «Cova do Urso», 22-11-2007 / 2010, Portugal.
Muito agradecido a todos os amigos e leitores.


ADENDA
Presentes dos amigos:

Ilustração do post no 'Navegante do Infinito'

A querida amiga Astrid Annabelle, do «Navegante do Infinito» fez um post de parabéns a este blogue e, como já vem sendo hábito, acompanhou com uma análise numerológica deste 3º aniversário do 'Cova do Urso'. A exemplo de anos anteriores, copiei para aqui, com muito carinho e imensa amizade, a sua análise:

Pela numerologia o Cova do Urso entra agora em uma vibração anual nove.
Vibração de conclusão, do dever cumprido.
Final de um ciclo.
Este nove vem de um trinta e seis:
22+11+2010=
33+3=36=3+6=9...36/9
A energia amorosa da alma, que é a essência do blog(6)
se expressando(3) com+paixão(9)
 

Isso tem tudo a ver com a chave nove dos Arcanos Maiores do Tarô... o Eremita.
Está imagem simboliza que foram vencidos todos os desafios e o Mago chegando agora ao alto da montanha torna-se um Mestre e de lá então ilumina a humanidade.


Assim dizem Faith Javane e Dusty Bunker a respeito do Arcano Maior IX:

 “O Eremita é o símbolo da sabedoria eterna, em pé, na montanha da realização. Ele conseguiu. A neve representa o isolamento em que se encontra, pois sua sabedoria o separa dos outros. Todavia, ao se voltar e segurar sua luz na direção daqueles que o seguem, deixa claro que o nosso conhecimento é vazio e destituído de significado, a não ser que nos voltemos e o passemos para os outros. Ao longo do caminho, o Eremita avaliou, selecionou os elementos necessários e rejeitando os desnecessários. Aprendeu a usar o bastão Mágico, no qual agora se apóia, pois sabe que pode depender do mesmo para ajudá-lo. Atingiu a Maestria!”
 

[Texto daqui, no 'Navegante do Infinito'] 



 Bolo especial oferecido pela Astrid.



*******

Muito obrigado, Astrid.

.

19 de novembro de 2010

Dia do Homem 2010

Informações sobre «O Dia do Homem», aqui e aqui
Proposta da Discover Channel para este dia:
Vídeos - «O Dia do Homem»



18 de novembro de 2010

Cosmovisão espiritualista


O homem primitivo, intimamente ligado à natureza que o rodeava, expressava de forma espontânea e verdadeira a sua espiritualidade. Através do seu instinto e intuição, sentia a existência do transcendental, sentimento este que pulsava, de forma nítida, na essência energética daqueles seres simples, ainda vazios de conhecimentos, porém plenos de autenticidade.

À medida que a civilização humana começou a galgar novos degraus da escala do progresso, deixando cada vez mais de ser instintiva e intuitiva, passou a reprimir para os porões do inconsciente as percepções inatas e verdadeiras. Deixando para trás a infância histórica, passou pela física moderna, abriu as portas para a percepção da existência do mundo espiritual.

A humanidade já não se satisfaz com os preceitos rígidos das religiões dominantes. O homem é um ser que indaga e quer saber, afinal, quem é, de onde vem e para onde vai.

A dissociação existente entre ciência e religião, verdadeiro abismo criado pelos homens, levou os indivíduos a terem uma visão fragmentada da vida. Os conselhos religiosos, tão úteis em épocas remotas, hoje tornaram-se bastantes desfasados em relação à evolução contemporânea. As orientações dos religiosos foram sendo substituídas pelos científicos: médicos, psicólogos, pedagogos, etc. Na verdade, também estes estão em processo evolutivo. Não são deuses.

O que frequentemente observamos é a influência de respostas às ansiedades íntimas do indivíduo ou da própria sociedade. O que lhes falta? Por que profissionais extremamente capacitados, sérios e estudiosos se sentem limitados para compreender o sofrimento humano?

Por que pessoas justas às vezes sofrem tanto, e outros, egoístas, que se comprazem no sofrimento do próximo, prosperam tanto? Há quem viva semanas, meses ou poucos anos, enquanto outros vivem quase um século! Por quê? Por que para uns, a felicidade constante, e para outros a miséria e o sofrimento inevitável? Por que alguns seriam premiados pelo acaso, com as mais terríveis malformações congénitas? Por que certas tendências inatas são tão contrastantes com o meio onde surgem? De onde vêm?

Não há como responder a estas questões, conciliando com a crença tradicional, numa Lei Universal justa e sábia, se considerarmos uma vida única para cada criatura.

O ateísmo e o materialismo são consequências inevitáveis da rejeição às crenças tradicionais, surgindo, naturalmente, pela recusa inteligente a uma fé cega num Ser que, aparentemente, preside aos factos da vida sem qualquer critério de sabedoria, amor e justiça.

A cosmovisão espiritualista, alicerçada no conhecimento das vidas sucessivas, onde residem as causas mais profundas dos nossos problemas actuais traz-nos respostas coerentes. O conceito de “reencarnação” propicia uma ampla lente através da qual poderemos enxergar a problemática da vida.

As aparentes desigualdades, vivenciadas momentaneamente pelas criaturas, têm justificativa nos graus diferentes de evolução em que se encontra no momento. Além disso, sabe-se, pelas leis da reencarnação, que cabe a todas as criaturas um único destino: a felicidade.

A evolução inexorável é feita pelas experiências constantes e a aprendizagem decorrente. Os actos da criatura ocasionam uma sequência de causas e efeitos que determinam as necessidades da reencarnação, a si própria, em tal meio ou situação. Há colheita obrigatória, decorrente de livre semeadura, e sempre novas oportunidades de semear.

Cada ser leva para a vida espiritual a sementeira do passado, trazendo-a consigo, ao nível celular e do inconsciente, ao renascer. Se uma existência não for suficiente para corrigir determinadas distorções, diversas serão necessárias para resolver uma determinada tendência, é a longa caminhada da vida.

Os nossos actos do dia-a-dia, por sua vez, são também novos elementos que se juntam ao nosso património energético, pois os arquivos que criamos são sempre ao nível de campos de energia, influenciando intensamente, atenuando ou agravando as desarmonias energéticas estabelecidas pelas vivências anteriores.

A teia do nosso destino, portanto, não é exclusivamente determinada pelo nosso passado. O livre arbítrio que possuímos também tece os finos fios desta teia, a cada momento, num dinamismo sempre renovado.

A diversidade infinita das aptidões, ao nível das faculdades e dos caracteres, tem fácil compreensão. Nem todos os espíritos que reencarnam têm a mesma idade, milhares de anos ou séculos pode haver na diferença de idade entre dois seres humanos. Além disto, alguns galgam velozmente os degraus da escada do progresso, enquanto outros sobem lenta e preguiçosamente.

A todos será dada a oportunidade do progresso pelos retornos sucessivos. Necessitamos passar pelas mais diversas experiências, aprendendo a obedecer para sabermos mandar; sentir as dificuldades da pobreza para sabermos usar a riqueza. Repetir muitas vezes para absorver novos valores e conhecimento. Desenvolver a paciência, a disciplina e o desapego aos valores materiais.

São necessárias existências de estudo, de sacrifício, para crescermos em ética e conhecimento. Voltamos ao mesmo meio, frequentemente ao mesmo núcleo familiar, para reparar os nossos erros com o exercício do amor. Deus, portanto, não castiga nem dá prémios; é a própria Lei da Harmonia que preside à ordem das coisas.

Agirmos de acordo com a natureza, no sentido da harmonia, é prepararmos a nossa elevação, a nossa felicidade. Fazendo-nos conhecer os efeitos da lei da responsabilidade, demonstrando que os nossos actos recaem sobre nós mesmos, estaremos a permitir o desenvolvimento da ordem, da justiça e da solidariedade social tão almejada por todos.

Repito-me de outros textos: é para entender tudo isto que estudo astrologia. E para entender outras coisas.

Bom fim-de-semana.
.

Edgar Degas, «Les Danseuses Bleues»

Blogagem coletiva de Glorinha de Lion, do 'Café com Bolo' -  'Minha Ideia é Meu Pincel'
Regras aqui e aqui.

A arte é movimento. A vida é movimento.
É uma dança.
 





.

16 de novembro de 2010

Cimeira da NATO, em Lisboa

'Parque das Nações', em Lisboa, onde vai decorrer a Cimeira da NATO.

Conhecida por Parque das Nações, esta zona de alto padrão de vida de Lisboa, conta com 20.000 residentes, outros tantos que trabalham neste perímetro e, habitualmente, várias vezes mais de visitantes, pois é a confluência de um enorme nó de transportes (Gare do Oriente) públicos (metro, comboios, autocarros). No próprio perímetro (foto abaixo) existe um dos maiores centros comerciais do país (o 'Vasco Gama') e o Pavilhão Atlântico, uma das maiores salas de espectáculos da Europa. Inúmeros restaurantes, bares e uma agitada movimentação, sobretudo por parte dos jovens.

Zona de Lisboa sob interdição devido à Cimeira da NATO, nos dias 19 e 20 Novembro.
Uma semana inteira em que a vida 'parou', por causa das medidas de segurança.

Na movimentação de uma cimeira como a NATO, que traz os 28 presidentes e primeiros-ministros do Atlântico Norte, além de vários países convidados e  organizações internacionais, estão envolvidos, até ao momento, mais de 10.000 pessoas na organização e segurança da cimeira para receberem em Lisboa, o Presidente  Barack Obama e os seus colegas, na manhã de sexta-feira. 

Lisboa, simplesmente, vai parar, nesses dois dias. Só retomará a sua vida normal no domingo, dia 21, à tarde.

Astrologia

Olha-se para o mapa do dia, em Portugal e percebe-se que em astrologia, as coisas batem sempre certas. O Saturno (governo, responsabilidade) de Portugal recebe uma conjunção de Júpiter em trânsito. Aqui, Júpiter representa a 'Lei'. Aceitamos todos que a Nato é a Lei do oceano Atlântico?

O mesmo Saturno recebe a conjunção de Úrano, representando a modernidade, a diferença, as coisas novas. É de prever que saiam soluções muito importantes desta cimeira, sobretudo o que estiver ligado ao Afeganistão.

Quem vive em Portugal e acompanha as notícias, sabe que a Polícia portuguesa, adquiriu equipamento ultra sofisticado de segurança no valor e 5 milhões de euros. Isto diz respeito a Úrano, certo? Aquele perímetro onde se desenrolará a cimeira, fica absolutamente protegido de invasão electrónica.

Programa da cimeira, aqui.
Vídeo.
E, porque vivemos em democracia: 'Paz sim! NATO não!'

UM UPGRADE DA CIMEIRA COM FOTOGRAFIAS


 Secretário Geral da Nato, a esposa, e o Min. Negócio Estrangeiros de Portugal.


  Secretário Geral da Nato a apresentar o documento estratégico.

 Reunião privada da Nato com Cabul, Afeganistão.




 Reunião privada entre a NATO e o Presidente Obama.


O presidente dos Estado Unidos terminou a Cimeira da NATO a classificar a Rússia «como um parceiro e não como um adversário» e a referir-se ao presidente russo como o seu «amigo Medvedev».

«Vemos a Rússia como um parceiro e não como um adversário», declarou Barack Obama na conferência de imprensa que marcou o fim da cimeira da Aliança Atlântica, no Parque das Nações, em Lisboa.

«Neste momento, não há nenhum mecanismo para verificar o que se passa na Rússia [ao nível do armamento nuclear]. (...) Há que confiar nas intenções russas. Acredito que o presidente Medvedev tem as melhores intenções, está no bom caminho, e não podemos deixar um parceiro pendurado», sustentou o chefe de Estado, apelando à redução do arsenal nuclear e também ao congresso norte-americano, agora de maioria republicana, que se opõe à ratificação do novo tratado START, que estipula o limite a 1500 ogivas nucleares em cada país.

O líder norte-americano fez saber que o próximo encontro da organização será nos EUA, em 2012 e elogiou a organização portuguesa: «Portugal colocou a fasquia muito alta, tomei notas e vamos tentar estar ao mesmo nível e com a mesma hospitalidade». In a Bola

Medvedev, da Rússia, na comunicação final.


.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates