Até daqui a uns dias

28 de junho de 2008 · 10 comentários

Vou ali e já venho.
Como também sou filho de Deus,
tirei alguns dias de férias, com o portátil por perto.
Se o sistema do Blogger funcionar bem, devem aparecer
2 ou 3 posts com datas pré-agendadas.
Passem todos muito bem.
Até sexta.

O teu corpo não mente

26 de junho de 2008 · 27 comentários

Novidade absoluta nas livrarias, este é um dos livros que mais prazer me deu publicar em mais de 30 anos de profissão. A ideia surgiu numa conversa informal com o autor, Luís Martins Simões, quando lhe perguntei porque não escrevia uma obra que ajudasse as pessoas a entenderem os sintomas de saúde do seu corpo. Claro que eu sabia estar a falar com um dos especialistas mais prestigiados do país. Recordo-me que eu próprio, na altura, estava a sair de um longo período de graves problemas de saúde. Fiz muita questão de só o publicar quando Plutão estivesse novamente em Sagitário, acompanhado do Sol em Gémeos, que no dia/hora em que entrou no nosso armazém fazia aspectos facilitadores com Vénus, Marte, Saturno, Neptuno e Ascendente Sagitário. E desafiantes com Urano e Plutão. E uma Lua exigente em Capricórnio, em conversa cordial com Saturno e em uma oposição a Vénus. Um trígono de Júpiter ao MC em Touro.


Os humanos obedecem a ideias em vez de captarem o timbre do corpo… A nossa vida fala-nos através da intuição. Quando não escutamos a intuição, as nossas emoções começam a tentar captar a nossa atenção. Quando não ouvimos nem verbalizamos as nossas emoções, é então o corpo que comunica connosco. Pode adoecer. E o corpo não mente. O autor está consciente de que este livro constitui, para cada leitor, uma constatação, uma observação e uma tomada de consciência sobre o que podemos aprender a partir do funcionamento do nosso corpo. Esta obra constitui provavelmente um dos livros mais completos e mais específicos sobre a relação entre as tensões na consciência e os sintomas no corpo.


Leia mais no site da editoraAqui.

Patagónia, forever...

· 0 comentários


Muito agradecido à Onda Encantada, autora do blogue «Difusão da Alma»,
que teve a amabilidade de me enviar estas fotografias.

Muito obrigado, Ondinha. Beijo.









































.

O planeta regente do ano

· 17 comentários

Os Antigos usavam a “Estrela dos Magos”, uma estrela de sete pontas onde são colocadas as luminárias - o Sol e a Lua -, e os cinco planetas que são visíveis a olho nu e que eram conhecidos na antiguidade – de Mercúrio a Saturno. A sequência em que são colocados os planetas não é clara, e pessoalmente não sei explicar, pois não segue a ordem lógica de afastamento dos planetas em relação ao Sol ou em relação à Terra, por exemplo. Os sábios antigos utilizavam as regências em sequência, contando o Ano Zero sempre como sendo o ano regido pelo Sol. Como encontrar o planeta regente do ano? Simplesmente dividindo o ano em questão pelo número 7 e obtendo um número de “sobra”. Este número que sobra é o numero correspondente ao planeta regente do ano. Quando a sobra for “zero” teremos então um Ano Zero, regido pelo Sol, que iniciará novamente um ciclo. Assim, fazendo esse cálculo para este ano, 2008 deixa-nos um número de sobra que é o 6 e portanto o regente do ano seria Marte. Faça a sua conta para saber qual é o planeta regente do próximo ano. A seguir tem o exemplo referente ao ano corrente – 2008.



A viagem da vida # 3 - [FC/MC – Peixes/Virgem - Asc/Dsc – Sagitário/Gémeos]

25 de junho de 2008 · 37 comentários

Os quatro pontos angulares do nosso mapa formam uma cruz. Todos nós temos a nossa origem em baixo, no FC (Fundo do Céu), dirigimo-nos para a parte mais elevada do nosso mapa, o MC (Meio do Céu), desenvolvendo a nossa identidade através do Asc (Ascendente), no sentido de interagirmos com os outros, no Dsc. (Descendente), a nossa polaridade. Os signos que lá estão apontam um propósito maior. A cruz natal em que está presente o modo mutável com o FC em Peixes e o Asc. em Sagitário, pode apresentar algumas destas características:

(FC - Peixes) Na infância e princípios da adolescência sente-se como vindo de uma galáxia distante (o que até pode ser verdade). Vive o mundo das incertezas. A oscilação natural entre o interno e o externo encontra canalização adequada através de uma acção por iniciativa própria. (MC - Virgem) A ordem interior (Virgem) associada ao seu destino, convida a diferenciar-se, a separar o que lhe é próprio, do que lhe é alheio. Encontra o seu propósito ao aprender a melhorar a sua sintonia interior com a realidade. Vem aprender a condição inata para “guiar”, podendo ascender à “maestria”. A pessoa escolherá o modo como o fará.

(Asc – Sagitário / Dsc – Gémeos) A aparente necessidade de manter controlo e presença vão cedendo frente à mobilidade e desejo de interagir, originada pelos contactos com o que é diverso e grandioso. Descobre que os outros têm ideias diferentes e “tem” que os perceber, se quiser sintonizar-se com eles. Vem aprender a fazer parcerias, expandindo a sua própria consciência. Esta segurança é necessária quando percebe a necessidade de criar pontes, utilizando a comunicação e a razão para vivenciar a sua filosofia de vida. O desejo de conseguir acções mais ou menos coerentes com o mundo é facilitado pela própria ductilidade mental, qual plasticina nas mãos de uma criança. A cruz mais elevada deste modo, pois a personalidade já está impregnada pelas razões jupiterianas de vivenciar o seu dharma. No entanto, a experiência da realização do propósito nunca está completa. Vai mesmo até ao último micro-segundo, em que exala definitivamente, a energia da sua vida terrestre.


Procure as outras 'viagens da vida, aqui, no índice.

As Mansões da Lua

24 de junho de 2008 · 19 comentários

As mansões lunares fazem parte da astrologia tradicional, sendo hoje em dia usadas apenas por grandes especialistas. O caminho das mansões lunares é medido contra o movimento das estrelas fixas. Cada mansão leva normalmente o nome da estrela fixa mais importante de uma determinada constelação zodiacal, ocupando 12º 51' 26". Numa linguagem mais simples: As fases da lua estão divididas em Quarto Crescente e Quarto Minguante, estendendo-se cada uma por duas semanas ou catorze dias. O Quarto Crescente começa com a Lua Nova e o Quarto Minguante começa com a Lua Cheia. O ciclo de vinte e oito dias formado pelo Quatro Minguante e pelo Quarto Crescente é conhecido como as vinte e oito mansões da Lua, e em angeologia, cada um destes dias ou mansões é regido por um Anjo Lunar. É importante recordar que a primeira mansão da Lua é o primeiro dia do ciclo lunar, que começa com a Lua Nova. Ou seja, a primeira mansão da Lua é o dia da Lua Nova, quando a Lua começa a adquirir mais luz. Este ciclo do Quarto Crescente dura catorze dias, culminando na Lua Cheia, o 15º dia do ciclo lunar. A partir desse dia, a Lua começa a minguar e continua a minguar durante catorze dias terminando o ciclo no dia da Lua Nova, quando se repete todo o processo. A seguir damos os nomes dos anjos que regem cada uma das mansões da Lua.


Os 14 Anjos do Quarto Crescente Geniel (Lua Nova), Enediel, Anixiel, Azariel, Gabriel, Dirachiel, Scheliel, Amnediel, Barbiel, Ardifiel, Neciel, Abdizuel, Jazeriel, Ergediel.


Os 14 Anjos do Quarto Minguante — Atliel (Lua Cheia), Azeruel, Adriel, Egibiel, Amutiel, Kyriel, Bethenael, Geliel, Requiel, Abrinael, Aziel, Tagriel, Atheniel, Amnixiel.


Veja mais sobre a Lua no "Navegante do Infinito". [Clicar]. Obrigado, Astrid.


Ilha de Moçambique

23 de junho de 2008 · 11 comentários

[Clicar na foto para aumentar.]

Uma pessoa que me conhece há muitos anos enviou-me hoje esta fotografia, recolhida no Google. Ao abrir o e-mail e reconhecer imadiatamente a foto, percebi que em termos astrológicos, era Saturno em trânsito pela minha casa IV, a levar-me até ao meu passado. Julgo que eu teria uns dois meses de idade, quando os meus pais chegaram a esta ilha-cidade, e por lá se radicaram e construiram a sua vida. Na ilha de Moçambique, onde vivi muitos anos. Aquilo que as pessoas chamam de "minha terra", para mim, é esta pequena ilha no Oceano Índico, de 3 kms de comprimento e 600 metros de largura. Apesar de lá não ter nascido, é esta ilha que alberga o meu passado. A última vez que lá estive, foi no meu 1º retorno de Saturno, há 30 anos. Agora, Saturno em trânsito, afastado 3º do meu Saturno natal, já a desenlaçar este seu 2º retorno na minha vida, trazendo-me uma bela imagem do meu passado, ajudando-me no início de uma nova etapa. Sem nostalgia daqueles tempos, deixando falar a poesia:

Ilha Dourada

A fortaleza mergulha no mar
os cansados flancos
e sonha com impossíveis
naves moiras.
Tudo mais são ruas prisioneiras
e casas velhas a mirar o tédio.
As gentes calam na voz
uma vontade antiga de lágrimas
e um riquexó de sono
desce a Travessa da Amizade.
Em pleno dia claro
vejo-te adormecer na distância,
Ilha de Moçambique,
e faço-te estes versos
de sal e esquecimento.

Rui Knopfli
"A Ilha de Próspero"
[Aqui: 1 ]

Assuntos de Plutão em Sagitário

· 6 comentários

O Presidente da República defendeu ontem [22 Junho], na Mesquita de Lisboa que "os portugueses muçulmanos não têm de escolher entre serem portugueses e serem muçulmanos". "Participam na vida colectiva e trabalham, como os outros portugueses, para o bem comum. Vivem a sua fé em liberdade, tal como os muçulmanos de outras nacionalidades que residem entre nós", continuou o chefe de Estado. [Aqui] Esta semana encontra-se com o Papa, no Vaticano.


O provável candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu desculpas a duas mulheres que foram impedidas de ocupar um lugar no palanque no qual discursava, por vestirem lenços muçulmanos. [Aqui]


Capricórnio em confraternização com Sagitário.




O ingresso do Sol em Caranguejo

21 de junho de 2008 · 10 comentários


O Sol ingressou em Caranguejo [Câncer]
às 00h59 do dia 21 de Junho.

Hoje é sábado. Aproveite para sair à noite, mas não espere grandes divertimentos, pois a Lua está em Aquário, um signo fixo, que também pertence a Saturno, que não é muito dado às coisas do Verão. No Hemisfério Sul começou o Inverno. Como eu gostaria de estar novamente em Ushuaia.



Indiana Jones

20 de junho de 2008 · 6 comentários

Este senhor aqui à esquerda, Mr. Indiana Jones, não tem mapa natal. Aos 65 anos consegue a proeza de levar milhões de pessoas ao cinema. Em tempos foi do signo Caranguejo, que começa amanhã, para o resto dos mortais. É casado com a scorpio Calista Flockhart, a surpreendente Kitty Walker, na série "Irmãos e Irmãs". Indiana Jones está nos nossos corações há muitos anos. É preciso mais?

Harrison Ford, 13-Julho-1942 - 11:41 am - Chicago Heights, IL, USA.
Calista Flockhart, 11-Novembro-1964 - 9:06 am - Freeport, Il, USA.

As horas de nascimento foram fornecidas pela astróoga Ana Cristina Corrêa Mendes. [clicar ao lado] Muito obrigado.

28 de junho de 2008

Até daqui a uns dias

Vou ali e já venho.
Como também sou filho de Deus,
tirei alguns dias de férias, com o portátil por perto.
Se o sistema do Blogger funcionar bem, devem aparecer
2 ou 3 posts com datas pré-agendadas.
Passem todos muito bem.
Até sexta.

26 de junho de 2008

O teu corpo não mente

Novidade absoluta nas livrarias, este é um dos livros que mais prazer me deu publicar em mais de 30 anos de profissão. A ideia surgiu numa conversa informal com o autor, Luís Martins Simões, quando lhe perguntei porque não escrevia uma obra que ajudasse as pessoas a entenderem os sintomas de saúde do seu corpo. Claro que eu sabia estar a falar com um dos especialistas mais prestigiados do país. Recordo-me que eu próprio, na altura, estava a sair de um longo período de graves problemas de saúde. Fiz muita questão de só o publicar quando Plutão estivesse novamente em Sagitário, acompanhado do Sol em Gémeos, que no dia/hora em que entrou no nosso armazém fazia aspectos facilitadores com Vénus, Marte, Saturno, Neptuno e Ascendente Sagitário. E desafiantes com Urano e Plutão. E uma Lua exigente em Capricórnio, em conversa cordial com Saturno e em uma oposição a Vénus. Um trígono de Júpiter ao MC em Touro.


Os humanos obedecem a ideias em vez de captarem o timbre do corpo… A nossa vida fala-nos através da intuição. Quando não escutamos a intuição, as nossas emoções começam a tentar captar a nossa atenção. Quando não ouvimos nem verbalizamos as nossas emoções, é então o corpo que comunica connosco. Pode adoecer. E o corpo não mente. O autor está consciente de que este livro constitui, para cada leitor, uma constatação, uma observação e uma tomada de consciência sobre o que podemos aprender a partir do funcionamento do nosso corpo. Esta obra constitui provavelmente um dos livros mais completos e mais específicos sobre a relação entre as tensões na consciência e os sintomas no corpo.


Leia mais no site da editoraAqui.

Patagónia, forever...


Muito agradecido à Onda Encantada, autora do blogue «Difusão da Alma»,
que teve a amabilidade de me enviar estas fotografias.

Muito obrigado, Ondinha. Beijo.









































.

O planeta regente do ano

Os Antigos usavam a “Estrela dos Magos”, uma estrela de sete pontas onde são colocadas as luminárias - o Sol e a Lua -, e os cinco planetas que são visíveis a olho nu e que eram conhecidos na antiguidade – de Mercúrio a Saturno. A sequência em que são colocados os planetas não é clara, e pessoalmente não sei explicar, pois não segue a ordem lógica de afastamento dos planetas em relação ao Sol ou em relação à Terra, por exemplo. Os sábios antigos utilizavam as regências em sequência, contando o Ano Zero sempre como sendo o ano regido pelo Sol. Como encontrar o planeta regente do ano? Simplesmente dividindo o ano em questão pelo número 7 e obtendo um número de “sobra”. Este número que sobra é o numero correspondente ao planeta regente do ano. Quando a sobra for “zero” teremos então um Ano Zero, regido pelo Sol, que iniciará novamente um ciclo. Assim, fazendo esse cálculo para este ano, 2008 deixa-nos um número de sobra que é o 6 e portanto o regente do ano seria Marte. Faça a sua conta para saber qual é o planeta regente do próximo ano. A seguir tem o exemplo referente ao ano corrente – 2008.



25 de junho de 2008

A viagem da vida # 3 - [FC/MC – Peixes/Virgem - Asc/Dsc – Sagitário/Gémeos]

Os quatro pontos angulares do nosso mapa formam uma cruz. Todos nós temos a nossa origem em baixo, no FC (Fundo do Céu), dirigimo-nos para a parte mais elevada do nosso mapa, o MC (Meio do Céu), desenvolvendo a nossa identidade através do Asc (Ascendente), no sentido de interagirmos com os outros, no Dsc. (Descendente), a nossa polaridade. Os signos que lá estão apontam um propósito maior. A cruz natal em que está presente o modo mutável com o FC em Peixes e o Asc. em Sagitário, pode apresentar algumas destas características:

(FC - Peixes) Na infância e princípios da adolescência sente-se como vindo de uma galáxia distante (o que até pode ser verdade). Vive o mundo das incertezas. A oscilação natural entre o interno e o externo encontra canalização adequada através de uma acção por iniciativa própria. (MC - Virgem) A ordem interior (Virgem) associada ao seu destino, convida a diferenciar-se, a separar o que lhe é próprio, do que lhe é alheio. Encontra o seu propósito ao aprender a melhorar a sua sintonia interior com a realidade. Vem aprender a condição inata para “guiar”, podendo ascender à “maestria”. A pessoa escolherá o modo como o fará.

(Asc – Sagitário / Dsc – Gémeos) A aparente necessidade de manter controlo e presença vão cedendo frente à mobilidade e desejo de interagir, originada pelos contactos com o que é diverso e grandioso. Descobre que os outros têm ideias diferentes e “tem” que os perceber, se quiser sintonizar-se com eles. Vem aprender a fazer parcerias, expandindo a sua própria consciência. Esta segurança é necessária quando percebe a necessidade de criar pontes, utilizando a comunicação e a razão para vivenciar a sua filosofia de vida. O desejo de conseguir acções mais ou menos coerentes com o mundo é facilitado pela própria ductilidade mental, qual plasticina nas mãos de uma criança. A cruz mais elevada deste modo, pois a personalidade já está impregnada pelas razões jupiterianas de vivenciar o seu dharma. No entanto, a experiência da realização do propósito nunca está completa. Vai mesmo até ao último micro-segundo, em que exala definitivamente, a energia da sua vida terrestre.


Procure as outras 'viagens da vida, aqui, no índice.

24 de junho de 2008

As Mansões da Lua

As mansões lunares fazem parte da astrologia tradicional, sendo hoje em dia usadas apenas por grandes especialistas. O caminho das mansões lunares é medido contra o movimento das estrelas fixas. Cada mansão leva normalmente o nome da estrela fixa mais importante de uma determinada constelação zodiacal, ocupando 12º 51' 26". Numa linguagem mais simples: As fases da lua estão divididas em Quarto Crescente e Quarto Minguante, estendendo-se cada uma por duas semanas ou catorze dias. O Quarto Crescente começa com a Lua Nova e o Quarto Minguante começa com a Lua Cheia. O ciclo de vinte e oito dias formado pelo Quatro Minguante e pelo Quarto Crescente é conhecido como as vinte e oito mansões da Lua, e em angeologia, cada um destes dias ou mansões é regido por um Anjo Lunar. É importante recordar que a primeira mansão da Lua é o primeiro dia do ciclo lunar, que começa com a Lua Nova. Ou seja, a primeira mansão da Lua é o dia da Lua Nova, quando a Lua começa a adquirir mais luz. Este ciclo do Quarto Crescente dura catorze dias, culminando na Lua Cheia, o 15º dia do ciclo lunar. A partir desse dia, a Lua começa a minguar e continua a minguar durante catorze dias terminando o ciclo no dia da Lua Nova, quando se repete todo o processo. A seguir damos os nomes dos anjos que regem cada uma das mansões da Lua.


Os 14 Anjos do Quarto Crescente Geniel (Lua Nova), Enediel, Anixiel, Azariel, Gabriel, Dirachiel, Scheliel, Amnediel, Barbiel, Ardifiel, Neciel, Abdizuel, Jazeriel, Ergediel.


Os 14 Anjos do Quarto Minguante — Atliel (Lua Cheia), Azeruel, Adriel, Egibiel, Amutiel, Kyriel, Bethenael, Geliel, Requiel, Abrinael, Aziel, Tagriel, Atheniel, Amnixiel.


Veja mais sobre a Lua no "Navegante do Infinito". [Clicar]. Obrigado, Astrid.


23 de junho de 2008

Ilha de Moçambique

[Clicar na foto para aumentar.]

Uma pessoa que me conhece há muitos anos enviou-me hoje esta fotografia, recolhida no Google. Ao abrir o e-mail e reconhecer imadiatamente a foto, percebi que em termos astrológicos, era Saturno em trânsito pela minha casa IV, a levar-me até ao meu passado. Julgo que eu teria uns dois meses de idade, quando os meus pais chegaram a esta ilha-cidade, e por lá se radicaram e construiram a sua vida. Na ilha de Moçambique, onde vivi muitos anos. Aquilo que as pessoas chamam de "minha terra", para mim, é esta pequena ilha no Oceano Índico, de 3 kms de comprimento e 600 metros de largura. Apesar de lá não ter nascido, é esta ilha que alberga o meu passado. A última vez que lá estive, foi no meu 1º retorno de Saturno, há 30 anos. Agora, Saturno em trânsito, afastado 3º do meu Saturno natal, já a desenlaçar este seu 2º retorno na minha vida, trazendo-me uma bela imagem do meu passado, ajudando-me no início de uma nova etapa. Sem nostalgia daqueles tempos, deixando falar a poesia:

Ilha Dourada

A fortaleza mergulha no mar
os cansados flancos
e sonha com impossíveis
naves moiras.
Tudo mais são ruas prisioneiras
e casas velhas a mirar o tédio.
As gentes calam na voz
uma vontade antiga de lágrimas
e um riquexó de sono
desce a Travessa da Amizade.
Em pleno dia claro
vejo-te adormecer na distância,
Ilha de Moçambique,
e faço-te estes versos
de sal e esquecimento.

Rui Knopfli
"A Ilha de Próspero"
[Aqui: 1 ]

Assuntos de Plutão em Sagitário

O Presidente da República defendeu ontem [22 Junho], na Mesquita de Lisboa que "os portugueses muçulmanos não têm de escolher entre serem portugueses e serem muçulmanos". "Participam na vida colectiva e trabalham, como os outros portugueses, para o bem comum. Vivem a sua fé em liberdade, tal como os muçulmanos de outras nacionalidades que residem entre nós", continuou o chefe de Estado. [Aqui] Esta semana encontra-se com o Papa, no Vaticano.


O provável candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu desculpas a duas mulheres que foram impedidas de ocupar um lugar no palanque no qual discursava, por vestirem lenços muçulmanos. [Aqui]


Capricórnio em confraternização com Sagitário.




21 de junho de 2008

O ingresso do Sol em Caranguejo


O Sol ingressou em Caranguejo [Câncer]
às 00h59 do dia 21 de Junho.

Hoje é sábado. Aproveite para sair à noite, mas não espere grandes divertimentos, pois a Lua está em Aquário, um signo fixo, que também pertence a Saturno, que não é muito dado às coisas do Verão. No Hemisfério Sul começou o Inverno. Como eu gostaria de estar novamente em Ushuaia.



20 de junho de 2008

Indiana Jones

Este senhor aqui à esquerda, Mr. Indiana Jones, não tem mapa natal. Aos 65 anos consegue a proeza de levar milhões de pessoas ao cinema. Em tempos foi do signo Caranguejo, que começa amanhã, para o resto dos mortais. É casado com a scorpio Calista Flockhart, a surpreendente Kitty Walker, na série "Irmãos e Irmãs". Indiana Jones está nos nossos corações há muitos anos. É preciso mais?

Harrison Ford, 13-Julho-1942 - 11:41 am - Chicago Heights, IL, USA.
Calista Flockhart, 11-Novembro-1964 - 9:06 am - Freeport, Il, USA.

As horas de nascimento foram fornecidas pela astróoga Ana Cristina Corrêa Mendes. [clicar ao lado] Muito obrigado.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates